Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: PM descobre local de desova de carros em Sobradinho

Ao menos quatro homens agiam no espaço, que está abandonado desde o fechamento de um estabelecimento que funcionava no local. Quatro veículos foram encontrados


postado em 15/01/2019 14:11 / atualizado em 15/01/2019 20:23

Veículos são produtos de furto, segundo a PM(foto: Divulgação/PMDF)
Veículos são produtos de furto, segundo a PM (foto: Divulgação/PMDF)

A Polícia Militar encontrou quatro carros produtos de roubo em um local de desova de veículos na BR-020, aos fundos do antigo bar Central do Forró, em Sobradinho. Dois dos automóveis estavam completamente destruídos após terem sido queimados. Ninguém foi preso, mas os militares estão em busca dos suspeitos. 

 

De acordo com a Comunicação da corporação, um dos carros foi furtado no último sábado (12/1). A suspeita é que uma quadrilha utilize o local para descartar ou esconder os carros. Ao menos quatro homens são suspeitos de intregrarem o grupo. Eles são moradores da região administrativa. 

 
 
 
Segundo o tenente Alex Lopes, o serviço de inteligência da PM recebeu uma denúncia anônima sobre o funcionamento para a desova de veículos. "A área está abandonada há cerca de dois anos, quando houve o fechamento do estabelecimento cormecial. Então, esses criminosos estão se aproveitando do espaço para desmanche dos veículos", afirma. 
 
Conforme apuração da equipe, os suspeitos retiram as peças dos carros para a venda. "Sem dúvidas há receptadores fixos, que se aproveitam dos valores baixos. Geralmente, eles escolhem veículos mais antigos, pois há facilidade para o arrombamento. Depois que eles fazem o desmanche, colocam fogo na carcaça para se livrar das digitais que ficam nesses automóveis", explica o tenente. 
 
Criminosos vendem peças de motor e pneus para receptadores (foto: Divulgação/PMDF)
Criminosos vendem peças de motor e pneus para receptadores (foto: Divulgação/PMDF)
 
 
Na maioria dos casos, os suspeitos vendem peças do motor e pneus. Os militares já identificaram os homens e, neste momento, estão em busca deles. "Temos algumas informações do serviço de inteligência. Esperamos que eles sejam capturados o quanto antes", esclarece o tenente Alex Lopes.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade