Publicidade

Correio Braziliense

Escola de São Sebastião recebe peça teatral baseada em tradição africana

A peça estreou na escola nesse sábado (19/1) e terá mais uma apresentação neste domingo (20/1), às 20h. A entrada é gratuita


postado em 20/01/2019 11:52 / atualizado em 20/01/2019 11:52

A trama será representada em três atos, que não acontecem em trajetória linear, mas são conectados(foto: Henrique Silva/Divulgação)
A trama será representada em três atos, que não acontecem em trajetória linear, mas são conectados (foto: Henrique Silva/Divulgação)

O Centro Educacional São Francisco de São Sebastião recebe espetáculo teatral neste fim de semana. A obra Irandí – do barro ao ferro, do coletivo negro Nós que aqui estamos, é baseada em tradições africanas e procura resgatar as raízes da cultura afro-brasileira. A peça estreou na escola nesse sábado (19/1) e terá mais uma apresentação neste domingo (20/1), às 20h. O evento será aberto à comunidade e contará com interprete de libras.  

A trama será representada em três atos, que não acontecem em trajetória linear, mas são conectados. O espetáculo começa levando ao expectador a reflexão sobre a relação entre vida e morte. Em seguida, as cenas se passam em uma cozinha, onde é retratada a memória das pessoas negras que contribuíram para a libertação do povo negro.  

No fim de semana passado, nos dias 12 e 13, a Casa de Paulo Freire, também em São Sebastião, recebeu o espetáculo. O projeto é realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal.  

O grupo de artistas nasceu em São Sebastião e decidiu se mobilizar para se expressar por meio da arte na região. Focados na "materialização da pretitude", o grupo tenta passar para frente essa cultura, também, em homenagem aos próprios ancestrais.  

Confira

Irandí – do barro ao ferro

Data: 20 de janeiro, às 20h
Endereço: Centro Educacional São Francisco - Quadra 17 Lote 100, Bairro São Francisco – São Sebastião 
Entrada gratuita 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade