Publicidade

Correio Braziliense

LBV recebe roda de conversa sobre intolerância religiosa nesta segunda

Evento discutirá temas como defesa da liberdade religiosa e respeito às crenças, em homenagem ao Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa


postado em 21/01/2019 15:54 / atualizado em 21/01/2019 15:54

Evento na LBV faz parte das ações do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
Evento na LBV faz parte das ações do Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa (foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)
 
No Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa, comemorado nesta segunda-feira (21/1), a Secretaria de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus-DF) realizará, em parceria com diversas entidades inter-religiosas, uma roda de conversa para debater a importância do respeito à diversidade de crenças.

Marcado para acontecer a partir das 16h, no Parlamundi da Legião da Boa Vontade (LBV), na 915/916 Sul, o encontro reunirá religiosos, membros de organizações e autoridades, que vão abordar assuntos como a defesa da liberdade religiosa, o respeito às diferentes crenças, o combate à intolerância religiosa e a defesa da laicidade do Estado. 

Secretário da pasta, Gustavo Rocha destacou a importância de as entidades reafirmarem os compromissos para a garantia da liberdade na capital federal. "A Sejus apoia essas manifestações, pois acredita que as religiões devem conviver harmonicamente respeitando, cada uma, o seu espaço e o seu credo", justificou.

Uma das lideranças religiosas mais atuantes do Distrito Federal e atual diretora de Combate ao Racismo da Subsecretaria de Direitos Humanos da Sejus, Mãe Baiana de Oyá também frisou que a luta contra o preconceito religioso, que a cada ano faz mais vítimas no Brasil, deve ser constante.

Em dezembro de 2015, um incêndio criminoso atingiu o terreiro de candomblé Axé Oyá Baga, de propriedade de Mãe Baiana, localizado no Paranoá. "O Distrito Federal precisa muito dessas ações de combate. Ainda presenciamos muita intolerância e racismo religioso em Brasília", ressaltou.

Após a roda de conversa na LBV, o dia será encerrado com atividades na Comissão de Liberdade Religiosa da seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF), na 515 Norte. O evento terá início às 19h.

Serviço

Roda de conversa sobre intolerância religiosa 
Local: Parlamundi/LBV (915/916 Sul)
Hora: 16h

Atividade da comissão de liberdade religiosa 
Local: OAB/DF (515 Norte)
Hora: 19h

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade