Publicidade

Correio Braziliense

Homem é detido com mais de 3 mil pinos para cocaína e alega ser usuário

Além das embalagens de cocaína, ele ainda tinha quase 100 comprimidos para disfunção erétil que são proibidos no Brasil e duas porções de droga


postado em 26/01/2019 09:57 / atualizado em 26/01/2019 17:19

Pinos de plástico são utilizados para venda de cocaína(foto: PMDF/Divulgação)
Pinos de plástico são utilizados para venda de cocaína (foto: PMDF/Divulgação)
A Polícia Militar prendeu, na noite da última sexta-feira (23/1), um homem com 3,6 mil pinos utilizados para embalar cocaína. Ele é proprietário de uma distribuidora de bebidas em Taguatinga e estava no local às 21h, quando os militares receberam a informação de que o estabelecimento estava sendo utilizado como ponto de tráfico. 

Na abordagem, o suspeito alegou que era usuário de drogas, não traficante. Mas junto a ele foram achados ainda 94 comprimidos de Pramil - um medicamento paraguaio utilizado para problemas de disfunção erétil que não pode ser comercializado no Brasil - e duas porções de substâncias semelhantes à cocaína. 

O homem foi levado para a 12ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Centro) e deve responder por tráfico de substâncias entorpecentes. A distribuidora, na QSC 19, foi fechada. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade