Publicidade

Correio Braziliense

Mulher de 22 anos é agredida na saída de festa no Setor de Clubes Sul

Jovem denunciou caso em seu Instagram: "Fui brutalmente espancada por um homem. Sensação de impunidade"


postado em 28/01/2019 10:40 / atualizado em 28/01/2019 16:36

Postagens foram feitas na tarde de domingo(foto: Reprodução/Instagram)
Postagens foram feitas na tarde de domingo (foto: Reprodução/Instagram)
Uma jovem de 22 anos foi agredida no Setor de Clubes Sul e acabou parando no hospital. A mulher estava com amigos e o marido em uma boate e discutiu com outras pessoas na saída da festa, quando começaram as agressões.

Segundo a Divisão de Comunicação da Polícia Civil, a vítima relatou que foi jogada em uma fonte na frente da casa de show pelos próprios seguranças do evento. Quando o marido a ajudou a sair da água, uma mulher a segurou e um homem deu dois socos em seu rosto.

A jovem desmaiou com as agressões e foi levada ao hospital. No pronto-socorro, ela fez uma série de postagens em seu Instagram mostrando fotos do seu olho direito inchado e pedindo ajuda para identificar os agressores. "Peço por favor que quem estava no local e tenha visto o fato, me ajude a saber quem foi o tal homem."

A vítima ainda comentou que estava esperando o resultado de um exame para saber se iria realizar uma cirurgia. Nesta segunda-feira (28/1), ela já havia deixado o hospital. O caso ocorreu na madrugada do último domingo (27/1), às 5h, e está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). 

Repúdio 

Procurada, a casa de shows Pink Elephant informou, em nota, que "repudia veementemente todo e qualquer ato de violência, seja ela física ou moral. Com isso, vale ressaltar que a empresa já está colaborando com a polícia cedendo as imagens das câmeras de segurança do local onde ocorreram as agressões." 

Os responsáveis destacaram que "o fato lamentável não aconteceu dentro da Pink Elephant, e sim na parte externa quando duas mulheres, que estavam na boate, se envolveram em uma confusão na saída do evento, desse domingo (17), onde deram início a confusão.  Ambas estavam acompanhadas e os respectivos companheiros acabaram se envolvendo também na confusão." 
 
Até a atualização desta nota, a comunicação da Polícia Civil não informou se os suspeitos já haviam sido identificados. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade