Publicidade

Correio Braziliense

Detran autua 37 condutores alcoolizados em operação no fim de semana

Outros quatro motoristas foram flagrados sem habilitação, seis com a CNH vencida e cinco com o direito de dirigir suspenso


postado em 29/01/2019 15:02 / atualizado em 29/01/2019 15:02

As blitze ocorreram em Samambaia, Plano Piloto, Gama e Lago Norte entre a noite de sexta-feira (25/01) e a madrugada de segunda-feira (28/1)(foto: Detran-DF/Divulgação)
As blitze ocorreram em Samambaia, Plano Piloto, Gama e Lago Norte entre a noite de sexta-feira (25/01) e a madrugada de segunda-feira (28/1) (foto: Detran-DF/Divulgação)
O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) autuou 37 motoristas que dirigiam sob efeito de álcool no último fim de semana. Os agentes ainda flagraram quatro condutores não habilitados, seis com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida há mais de 30 dias e cinco com o direito de dirigir suspenso. Além disso, outros 33 condutores foram autuados por infrações diversas e 48 veículos, removidos ao depósito do órgão.

A operação foi realizada entre a noite de sexta-feira (25/1) e a madrugada de segunda (28), com o objetivo de coibir infrações e reduzir os acidentes de trânsito. As blitze ocorreram em Samambaia, Plano Piloto, Gama e Lago Norte. Ao todo, 18 viaturas do Detran e três da Polícia Militar atuaram em apoio às equipes de fiscalização.

Risco

Durante o patrulhamento em Águas Claras, na madrugada de sábado (26/1), o Detran flagrou o condutor de uma motocicleta pilotando em zigue-zague e transportando uma cadeira, colocando em risco a própria vida e a das demais pessoas que circulavam pela via. Ao ser abordado, os agentes perceberam sinais de embriaguez, porém o condutor da moto se recusou a fazer o bafômetro.

Após consulta ao sistema, a fiscalização constatou que o rapaz não era habilitado para pilotar motocicletas, estava com a CNH vencida desde 2012 e acumulava 146 pontos na carteira. Além disso, ele já havia sido flagrado dirigindo sob a influência de álcool outras duas vezes. A moto somava 49 notificações e débitos de aproximadamente R$ 14 mil, sendo a maioria, R$ 13.300, em multas.

Tragédia em Brazlândia


Um jovem de 21 anos morreu após ser atropelado pelo próprio amigo em Brazlândia. O caso ocorreu na madrugada de segunda-feira (28/1), por volta da meia-noite. Segundo a Polícia Militar, o motorista, 21, estava embriagado quando tentou manobrar de ré um veículo. Ele acabou atingindo Guilherme Soares de Sousa contra a parede. Assim que os Bombeiros chegaram ao local, a vítima já estava sem os sinais vitais  e com deformidade no crânio.

O teste do bafômetro confirmou que o motorista havia ingerido bebida alcóolica, apontando 0,64 miligrama de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. A informação é da Comunicação Social da PMDF. De acordo com a Divisão de Comunicação da Polícia Civil (Divicom), o autor ficou em choque após a morte do amigo. Ele foi encaminhado ao Hospital Regional de Brazlândia para ser medicado. Logo depois, prestou depoimento na 18ª Delegacia de Polícia, também na cidade, e foi liberado.
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade