Publicidade

Correio Braziliense

Preso homem de 66 anos acusado de estuprar a neta da companheira

Segundo investigação policial, durante quatro meses, menina foi abusada sexualmente quando a mãe saía para trabalhar


postado em 29/01/2019 17:35 / atualizado em 29/01/2019 17:34

(foto: Cristiano Gomes/CB/D.A Press)
(foto: Cristiano Gomes/CB/D.A Press)

Um homem de 66 anos é acusado de estuprar a neta, que hoje tem 12 anos, de março a junho de 2017. Agentes da Polícia Civil cumpriram mandado de prisão preventiva contra o acusado na tarde desta terça-feira (29/1).

 

Segundo a investigação, o idoso molestava sexualmente a neta de sua companheira e oferecia dinheiro, material escolar e outros presentes à vítima como forma de "compensação".

 

O acusado abusava da menina apalpando a região genital quando a mãe da garota saía de casa para trabalhar e a deixava com a tia. O homem morava com a companheira no mesmo lote.

 

O crime é tipificado como estupro de vulnerável, conforme descrito no Código Penal. De acordo com o dispositivo legal, não é necessário haver a prática sexual para que seja considerado estupro. A pena varia de 8 a 15 anos de reclusão. O caso está sendo conduzido pela 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade