Publicidade

Correio Braziliense

Bombeiros encontram três corpos em áreas próximas a córregos do DF

Corpos de dois homens e uma mulher foram achados em Planaltina e no Gama. Nenhum foi identificado ainda. Polícia trata um dos casos como homicídio


postado em 29/01/2019 21:19 / atualizado em 30/01/2019 14:12

(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
(foto: Fernando Lopes/CB/D.A Press)
Militares do Corpo de Bombeiros encontraram, nesta terça-feira (29/1), três corpos com sinais de ferimentos profundos em áreas próximas a córregos do Distrito Federal. O primeiro, de uma mulher com idade entre 20 e 25 anos, foi achado por volta das 11h55, na DF-330, ao lado do Núcleo Rural Córrego do Meio, em Planaltina.
 
O segundo, de um homem com idade entre 40 e 45 anos, foi descoberto boiando em um córrego por volta das 12h40, na Quadra 31, próximo à Mansão Itapoã, no Gama. O corpo do homem apresentava sinais avançados de decomposição, além de uma perfuração na cabeça. O caso está sob apuração da 14ª Delegacia de Polícia (Gama). Os agentes ainda não definiram a linha de investigação.
 
O caso da vítima de Planaltina, no entanto, é tratado como homicídio. De acordo com os bombeiros, o corpo apresentava diversas perfurações no tórax, pescoço, na face e estava coberto por pneus. A ocorrência é apurada por policiais da 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina).

A terceira vítima encontrada foi de um jovem de aproximadamente 18 anos, cujo corpo estava próximo ao Córrego Mestre D'Armas, também em Planaltina. O cadáver dele foi achado por volta das 16h55. O solicitante informou aos bombeiros que ouviu disparos nas proximidades e, por isso, também acionou a Polícia Militar. A vítima apresentava uma perfuração por arma de fogo na cabeça, sete ferimentos provocados por facadas no tórax e dois cortes profundos na boca. O caso também é investigado pela 16ª DP.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade