Publicidade

Correio Braziliense

Reciclagem: saiba como descartar corretamente o óleo de cozinha no DF

Projeto Biguá, comandado pela Caesb, transforma o óleo de cozinha em combustível biodegradável


postado em 31/01/2019 17:18 / atualizado em 31/01/2019 17:17

Usina de transformação de óleo de cozinha em biodiesel da Caesb(foto: Caesb/Divulgação)
Usina de transformação de óleo de cozinha em biodiesel da Caesb (foto: Caesb/Divulgação)

Após a concentração de esforços no combate à crise hídrica, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) volta o foco a projetos de sustentabilidade, como o coleta de óleo de cozinha para a transformação em combustível biodegradável. 

 

Criado em 2007, o projeto Biguá recebeu o nome de um pássaro mergulhador que vive perto de locais de água limpa, com o objetivo de ressaltar a importância ambiental da iniciativa. O resíduo da fritura é coletado pela companhia e, por meio do processo de transesterificação, realizado na usina de Biodiesel da Caesb, é transformado no combustível.

 

Com o investimento de R$ 2 milhões pela Financiadora de Inovação e Pesquisa (Sinep), a usina tem capacidade de produção de 1 mil litros de biodiesel B100 a cada oito horas. A Caesb pretende utilizar esse combustível para abastecer geradores dos elevatórios de esgoto e a frota de veículos da empresa.

 

Após o fim da seca e a normalização dos níveis dos reservatórios no DF, a Caesb planeja retomar a iniciativa com força total, procurando parcerias com universidades, secretarias e outros órgãos, como a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

 

Como descartar o óleo de cozinha corretamente

 

Se descartado de forma incorreta, 1 litro de óleo de cozinha pode poluir 200 litros de água, de acordo com a companhia. Para donos de bares e restaurantes, é recomendado solicitar a participação no projeto Biguá por meio do e-mail projetobigua@caesb.df.gov.br. Ao participar da iniciativa, a Caesb disponibiliza um recipiente de 20 litros para cada estabelecimento para o descarte do óleo de fritura que será recolhido pela companhia assim que estiver cheio.

 

Para quem não tem uma grande quantidade de descarte do óleo, a recomendação é que o resíduo seja descartado dentro de recipientes de plástico vazios, como garrafas pet, de detergente, de amaciante, de água sanitária, de refrigerante. A Caesb incentiva a entrega dos recipientes nos Pontos de Entrega Voluntária (PEV).

 

Confira os Pontos de Entrega Voluntária indicados para descartar o óleo de cozinha:

  • Caesb (Ed. Sede): Av. Sibipiruna, Lotes 13 a 21, Águas Claras, Brasília-DF; 
  • Caesb (ETA Brasília/ Laboratório Central): SAIN, A/E s/n (entre o Detran e o DER-DF), Plano Piloto, Brasília; 
  • Gerência de Atendimento ao Público do Núcleo Bandeirante: Praça Central, Módulo 05, Núcleo Bandeirante;  
  • Gerência de Atendimento ao Público do Guará: QE 13, Cj. D/E, Lts 1 e 2, Sl. 210/202, Guara I; 
  • Gerência de Atendimento ao Público do Paranoá: Qd. Central, AE 06, Paranoá 
  • Gerência de Atendimento ao Público de Planaltina: Av. Independência, SCC, Qd. 02, Bl. E, Planaltina;  
  • Gerência de Atendimento ao Público de São Sebastião: Av. Comercial, Lt. 1301, Lj. 01, São Sebastião; 
  • Gerência de Atendimento ao Público de Sobradinho: Quadra Central, Lt. C, Sobradinho;  
  • Gerência de Atendimento ao Público de Brazlândia: SNO, AE 01, Lt. E, Brazlândia; 
  • Gerência de Atendimento ao Público de Ceilândia: CNN 01, Bl. L, Ceilândia;  
  • Gerência de Atendimento ao Público do Gama: SIGA, Qd. 01, Lt. 520/600, Gama;  
  • Gerência de Atendimento ao Público do Recanto das Emas: Av. Recanto das Emas, Qd. 201, Cj. 10, Lt. 01, Recanto das Emas;
  • Gerência de Atendimento ao Público de Samambaia: QN 206, Cj. C, Lt. 02 - Samambaia;  
  • Gerência de Atendimento ao Público de Santa Maria: Qd. Central 211, Bl. B, AE, Santa Maria; 
  • Gerência de Atendimento ao Público de Taguatinga: C 05, Lt. 03, Lj. 01, próximo a 12ª DP, Taguatinga Centro; 
  • Administração Regional do Lago Sul: SHIS QI 11, AE 01, Lago Sul, Brasília-DF;  
  • Administração do Parque da Cidade: Sara Kubistchek, Brasília-DF; 
  • Administração do Parque Olhos D'Água: 414/415 Asa Norte, Brasília-DF; 
  • Administração do Parque Asa Sul: 614 Sul - Asa Sul, Brasília-DF; 
  • Administração Regional do Guará: SRIA II, QE 25, AE/CAVE, Guara - DF; 
  • Ginásio de Múltiplas Funções – ao lado da Feira Permanente do Cruzeiro. Cruzeiro-DF; 
  • Portaria da AOS 5: Setor Octogonal, RA XXII, Sudoeste/Octognal, Brasília-DF; 
  • IBRAM: SEPN 511, Bloco C, Ed. Bittar, Plano Piloto, Brasília-DF; 
  • SLU / Papa Entulho Ceilândia - QNN 29, AE, s/n, Ceilândia- DF; 
  • SLU / Papa Entulho Ceilândia - QNP 28, AE – Setor P – Ceilândia – DF; 
  • SLU / Papa Entulho Planaltina - Área Especial nº02 - Lts 11 e 12 – St. Norte – Planaltina – DF; 
  • SLU / Papa Entulho Guará - SRIA II - QE 25 - Àrea Especial do CAVE; 
  • SLU/ Papa Entulho: QNG 47, AE 09, Taguatinga – DF; 
  • SLU / Papa Entulho Gama - Av. Contorno - Lt. 2 - Próximo ao DETRA – Gama - DF; 
  • SLU/ Papa Entulho: AE 02, Lt. K, Brazlândia – DF; 
  • Administração Regional do Varjão – Varjão - DF.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade