Publicidade

Correio Braziliense

Doadores de sangue O negativo e B negativo têm direito a senha preferencial

Devido ao baixo nível de estoque no Hemocentro para esses grupos sanguíneos, a instituição disponibilizou atendimento para doadores até 15 de fevereiro


postado em 01/02/2019 17:05 / atualizado em 01/02/2019 17:06

(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Arthur Menescal/Esp. CB/D.A Press)
A Fundação Hemocentro de Brasília (FHB) disponibiliza senhas preferenciais aos doadores de sangue dos tipos O negativo e B negativo. A iniciativa estará em vigor até 15 de fevereiro e foi instituída devido ao baixo nível do estoque para esses grupos sanguíneos. 

Desde 30 de janeiro, a Fundação recebe doadores com mais frequência do que o normal. Enquanto a média diária é de 270 candidatos, na quarta-feira, a instituição atendeu 402 pessoas. A movimentação se deu por causa de dois policiais militares deGoiás, internados no Instituto Hospital de Base após sofrerem um acidente de carro durante uma ocorrência. 

Com a ampla divulgação em redes sociais desde a última terça (29), o Hemocentro de Brasília orienta os interessados a agendarem a doação individual de sangue pelo telefone 160, opção 2 (ou 0800 644 0160), para que não haja grande espera para atendimento.

Como doar sangue?

A fim de saber os procedimentos necessários para doação de sangue, o candidato pode acessar o site do Hemocentro e clicar na guia "Quero doar" e, em seguida "Doação de sangue". A página abrirá com orientações, como condições básicas, alimentação e impedimentos mais comuns. 

Estoque

Para atender toda a rede pública do DF e hospitais conveniados, a Fundação Hemocentro de Brasília mantém estoque estratégico capaz de fornecer hemocomponentes por um período de quatro a sete dias. No entanto, cada componente do sangue tem prazo de validade específico. Por isso, é importante que o fluxo de doações seja regular para que os níveis permaneçam estáveis e seguros. O estoque do Hemocentro é divulgado regularmente no site, no Instagram e no Twitter.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade