Publicidade

Correio Braziliense

Homem atropela pedestre, foge, é perseguido pela PMDF e acaba preso

O caso aconteceu em Planaltina e a vítima está fora de perigo. O suspeito estava com um celular roubado e uma arma de fogo


postado em 04/02/2019 09:20 / atualizado em 04/02/2019 09:51

A polícia encontrou um revólver calibre .38 dentro da casa do suspeito (foto: Divulgação/PMDF)
A polícia encontrou um revólver calibre .38 dentro da casa do suspeito (foto: Divulgação/PMDF)
Um homem de 33 anos foi preso em flagrante, após atropelar um pedestre e fugir do local, em Planaltina. Policiais perseguiram o suspeito até a casa dela, no Setor Habitacional Aragopoanga. No local, os militares apreenderam um celular com ocorrência de roubo, além de um revólver calibre .38, com seis munições. O caso aconteceu na noite de domingo (3/2). Somente nesse fim de semana, este é o segundo caso de atropelamento com omissão de socorro na região administrativa. 
 
De acordo com informações do Centro de Comunicação da PMDF, uma viatura realizava patrulhamento na altura da Rua 15/17 (entre quadras) do Arapoanga, quando flagraram um atropelamento. Como o motorista não parou, os militares prestaram socorro à vítima. 
 
O pedestre sofreu apenas escoriações e decidiu não registrar uma ocorrência na Polícia Civil. O suspeito seguiu em alta velocidade pela via, sendo seguido pelos militares. No Conjunto F da Quadra 7J, o homem parou o carro em frente a uma casa e foi abordado. 
 
Durante revista, o condutor alegou ter fugido por medo de ser linchado. Mesmo sabendo que a vítima não corria perigo, o suspeito continuou nervoso, o que levantou suspeita. Os militares encontraram um celular roubado com o homem, que foi questionado se tinha outro ilícito. Ele negou, permitindo a entrada da equipe na casa dele.
 
No local, os policiais encontraram a arma de fogo e as munições. O suspeito foi encaminhado à 16ª Delegacia de Polícia (Planaltina), onde foi autuado por receptação culposa, posse irregular de arma de fogo e por dirigir veículo sem carteira de habilitação, gerando perigo de dano.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade