Publicidade

Correio Braziliense

Estudante universitário morre em cachoeira na Chapada dos Veadeiros

Segundo informações preliminares, jovem teria sido arrastado para um sumidouro em uma cachoeira. Buscas pelo corpo continuam na manhã desta quinta-feira (21/2)


postado em 20/02/2019 20:50 / atualizado em 20/02/2019 21:20

Daniel Chagas Dalpian, 22 anos, caiu em um poço na Cachoeira Carioquinhas, uma das principais atrações do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros(foto: Badini/Reprodução. Cachoeira Carioquinhas, Chapada dos Veadeiros)
Daniel Chagas Dalpian, 22 anos, caiu em um poço na Cachoeira Carioquinhas, uma das principais atrações do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (foto: Badini/Reprodução. Cachoeira Carioquinhas, Chapada dos Veadeiros)
Um estudante universitário do Rio de Janeiro morreu durante uma viagem à Chapada dos Veadeiros, na tarde desta quarta-feira (20/2). Daniel Chagas Dalpian, 22 anos, teria sido arrastado para um sumidouro na Cachoeira das Cariocas, dentro do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Depois do acidente, o jovem não voltou à superfície. Militares do Corpo de Bombeiros de Goiás (CBMGO) darão continuidade às buscas na manhã de quinta-feira (21/2).

Informações preliminares dão conta de que Daniel e cinco amigos chegaram a Goiás há poucos dias e estavam hospedados na Vila de São Jorge, na entrada do Parque Nacional. O grupo era composto por estudantes de medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). 

O acidente aconteceu por volta das 13h. Equipes do Corpo de Bombeiros de Planaltina (GO) e do Parque Nacional procuraram pelo jovem, mas não puderam continuar os trabalhos devido à chuva. "Houve uma avaliação do local do acidente e constatou-se que seria impossível realizar a busca pelo rapaz hoje. Após o acidente, choveu muito forte e o nível do rio subiu bastante", afirmou o chefe da unidade de conservação, Fernando Tatagiba. 

A viagem do quartel de Planaltina até a Vila de São Jorge leva aproximadamente duas horas e, segundo o cabo Luciano Martins, uma tromba d'água pode ter sido a causa do acidente. "O sargento Leonel Leonardo Silva está à frente da missão no local. Aparentemente, a chuva puxou o jovem, ele bateu a cabeça tentaram segurá-lo, mas não conseguiram. O sargento analisou a área, mas a chuva impossibilitou qualquer mergulho; por isso, começaremos os trabalhos às 6h", disse Luciano.

Também conhecida como Carioquinhas, a cachoeira faz parte do Rio Preto, que divide os municípios goianos de Cavalcante e Alto Paraíso. Um dos principais cursos de água da região, o rio concentra a maior parte dos atrativos da Chapada dos Veadeiros. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade