Publicidade

Correio Braziliense

Bares e restaurantes de Águas Claras têm horário de funcionamento limitado

Medida foi tomada pela Administração Regional da cidade e publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta quinta-feira (7/3)


postado em 08/03/2019 00:12

Bares e restaurante terão o horário de funcionamento reduzido(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
Bares e restaurante terão o horário de funcionamento reduzido (foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
Restaurantes, bares, boates, casas de festa e demais estabelecimentos de entretenimento de Águas Claras terão horário de funcionamento controlado a partir desta quinta-feira (7/3). A medida foi tomada pela Administração Regional da cidade e publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta quinta-feira (7/3).

De acordo com o texto, os estabelecimentos estão liberados a funcionar de domingo a quinta-feira, das 8h à meia-noite. Nas sextas-feiras, sábados e vésperas de feriados, o horário pode ser ampliado até às 2h do dia seguinte.

Quiosques, food trucks, trailers e ambulantes instalados em áreas residenciais ou próximas de estabelecimentos de ensino e estações do Metrô terão de encerrar as atividades até às 22h. Àqueles instalados nas outras áreas da cidade o serviço poderá se prestado até às 23h.

As casas noturnas, boates e eventos em áreas públicas terão até às 3h para funcionar, sem restrições quanto ao som, se respeitada a Lei do Silêncio.

A ordem de serviço, assinada pelo administrador Ney Robsthon, ainda determina que o uso de caixas de som para reprodução de música ou show ao vivo só será permitido na área interna do estabelecimento, que deve possuir isolamento acústico nos termos da Lei do Silêncio. Para as distribuidoras de bebidas, a execução de som fica proibida, assim como o atendimento e serviço em mesas e balcões.

A Adminitração Regional de Águas Claras ficará responsável pela fiscalização do novo horário de funcionamento dos estabelecimentos, junto à Delegacia de Polícia e das unidades de polícias militares, em parceria com os órgãos do GDF.

O desrespeito às normas implicará em sanções. Podem ser elas a notificação, advertência, multa, suspensão de atividade e cassação do alvará de funcionamento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade