Publicidade

Correio Braziliense

SindMetrô apresenta indicativo de greve para maio

Segundo o sindicato, caso o governo apresente proposta, uma nova assembleia será feita no dia 1º de maio para decidir se greve será feita


postado em 14/04/2019 23:18

Caso o governo não apresente proposta, greve começa no dia 2 de maio(foto: Janine Moraes/CB/D.A Press)
Caso o governo não apresente proposta, greve começa no dia 2 de maio (foto: Janine Moraes/CB/D.A Press)

Em assembleia realizada na noite deste domingo (14/4) na Praça do Relógio, em Taguatinga, o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Metroviários, de Veículos Leves sobre Trilhos e Pneus e também Urbanos Coletivos de Passageiros sobre Trilhos do Distrito Federal (SindMetrô/DF) apresentou indicativo de greve à partir do dia 2 de maio.
 
A categoria pede que o governo pague o que deve a funcionários por retroativos. “A dívida está alta e já faz quase quatro anos que o governo está enrolando para pagar”, reclama um dos diretores do sindicato, Alexandro Caldeira. “Até o momento o governo não apresentou nenhuma proposta. Caso apresente até o dia 1º de maio, faremos nova assembleia para decidir se faremos a greve”, ponderou.
 
Entre as reclamações, estão acusações de que o Metrô não estaria cumprindo cláusulas do acordo coletivo de trabalho vigente, bem como decisões e acordos judiciais e sentenças normativas com os metroviários.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade