Publicidade

Correio Braziliense

Animais resgatados pela Vigilância Ambiental estão para adoção

Todos os bichos ficam em observação por dez dias antes de serem colocados para adoção


postado em 15/04/2019 17:37 / atualizado em 15/04/2019 18:24

(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
 
Cerca de 20 cachorros estão prontos para ganhar um novo lar e muito amor de uma nova família. Os animais esperam por adoção na Diretoria de Vigilância Ambiental (Dival) da Secretaria de Saúde do Distrito Federal.
 
“Os filhotes com 30 dias ou mais já podem ser adotados. Temos duas cadelas com filhotes mais novos e só pode ser adotada a mãe com a ninhada toda. Quando os animais têm mais de 60 dias são levados, os novos donos podem retornar à Dival para vaciná-los”, esclarece o médico veterinário Laurício Monteiro.
 
Ao chegarem ao canil do Centro de Controle de Zoonoses, os animais passam por exames para detectar doenças, como a leishmaniose, e são vacinados. Todos os bichos ficam em observação por dez dias antes de serem colocados para adoção. Alguns animais são de temperamento dócil e afável, mas há, também, aqueles que podem ser bons cães de guarda.
 

Como adotar

Os interessados em levar um dos animais para casa precisam ter mais de 21 anos e assinar um termo de responsabilidade se comprometendo a cuidar bem do novo bichinho de estimação. “Antes de adotar um animal, é importante lembrar que ele não é um brinquedo. Ele viverá, em média, 15 anos e precisará de cuidados veterinários, atenção e amor”, acrescenta Laurício.
 
Zoonoses
O local alberga apenas cães e gatos com objetivo de fazer o controle epidemiológico de doenças como raiva e leishmaniose. A gerência também coleta animais que invadem casas e áreas públicas.
 
Programe-se
Adoção de cães e gatos
Visitação: De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Local: SAIN – Estrada Parque Contorno, lote 4, ao lado do Hospital da Criança
Mais informações: (61) 99269-3673

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade