Publicidade

Correio Braziliense

Federação Espírita promove 5° Congresso Espírita

Evento será no Centro de Ulysses Guimarães, entre 19 e 21 de abril


postado em 18/04/2019 19:07 / atualizado em 18/04/2019 19:17

Evento começa amanhã e vai até domingo(foto: Divulgação)
Evento começa amanhã e vai até domingo (foto: Divulgação)
Crises políticas e econômicas, ódio e intolerância ao próximo. Essas são algumas das situações que o mundo tem enfrentado atualmente. É em momentos caóticos como esses, que chega a hora de pararmos e refletirmos sobre nossas atitudes e comportamento. Com este propósito, a Federação Espírita do Distrito Federal (FEDF) promove entre 19 e 21 de abril, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o 5° Congresso Espírita do DF. A solenidade ocorrerá em horários distintos. (Confira abaixo).

Nesta edição, o Congresso leva o tema “Eu e Deus, como estamos?”. “Não temos o interesse de converter ninguém. Pessoa de qualquer religião será bem-vindo. A ideia é refletir sobre o papel do homem e o bem que ele faz”, explica o presidente da Federação, Paulo Maia.

A programação conta com palestras, bate-papo, mesa redonda, apresentações artísticas e culturais, livraria e debate com jovens. O evento é um convite para todas as faixas etárias, da criança ao idoso. Os valores variam. Para adultos, o ingresso é de R$ 180; para jovens, R$ 80; e crianças, R$ 60. A compra pode ser feita no site www.fedf.org.br ou no próprio local. O Congresso estará dividido em dois espaços: salão principal e área de exposição. A área cultural tem entrada gratuita e será destinada as exposições de artesanato, gastronomia e livraria. Já o salão principal é o palco onde os palestrantes se apresentarão. Nele, será cobrado a taxa da respectiva faixa etária.

O evento contará com a participação de 16 palestrantes. Dentre eles, escritores, professores, médicos, psicólogos e psicopedagogos. Um deles é o escritor e psicólogo clínico Rossandro Klyngey. O mestre em saúde coletiva acredita na importância de disseminar à população o significado de Deus. “Falaremos sobre como podemos criar um relacionamento com Deus e qual a melhor forma de mantermos essa afinidade com ele”, ressalta.

De acordo com o conferencista, estabelecer relações com o “criador” proporciona equilíbrio mental, emocional e moral ao ser humano. “Para se aproximar de Deus é preciso perceber os sinais. Por exemplo, quando você se sente desprovido de bens materiais é o lugar de encontrar Deus. Na falta de tudo ele está presente.”


Aprendendo desde criança

Durante os três dias de evento, as crianças e jovens receberão uma programação especial. Com eles, os palestrantes desenvolverão atividades específicas, no qual abordarão a mesma temática do Congresso, mas com dinâmicas específicas para a faixa etária.

O presidente da FEDF acredita que ensinar sobre “cultura do bem” desde a infância auxilia no bom comportamento futuro. “Com certeza, a criança, ao se tornar adulto, será um ser humano melhor, mais fraterno e pacífico.

Segundo o escritor Rossandro Klyngey, quanto antes a criança se afeiçoar em assuntos como este, melhor será a desenvoltura da capacidade de empatia. Entretanto, para ele, é preciso que os pais incentivem nesse processo. “Se leva para a escola, porque não pode levar para a espiritualidade”, argumentou.

O filósofo e psicanalista Adeilson Sales palestrará para jovens e crianças. Ele, que tem também é escritor, debaterá com o público alguns temas atuais. “Procuramos trabalhar conceitos éticos e morais que possam agregar valores para eles. Vamos levar uma mensagem de valorização a vida. Para os jovens, especificamente, falarei sobre administração de conflitos, dificuldade de se relacionar com os pais e automutilação.”  


*Estagiária sob supervisão de Gabriela Sales 



5° Congresso Espírita do DF

Local: Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Horários: sexta-feira (19), das 16h às 21h; sábado (20), das 8h às 21h; e domingo (21), das 8h às 17h.

Taxas: adultos (R$ 180), jovens (R$ 80) e crianças (R$ 60) pelo site www.fedf.org.br ou no próprio local

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade