Publicidade

Correio Braziliense

Polícia Ambiental apreende 300 kg de pescado em São Sebastião

Produto estava armazenado dentro de uma caixa d'água. Vários peixes estavam mortos devido a falta de oxigenação da água. Todo o material foi apreendido


postado em 19/04/2019 22:40

Peixes estavam sendo comercializados sem higiene e nota fiscal (foto: PMDF /Divulgação )
Peixes estavam sendo comercializados sem higiene e nota fiscal (foto: PMDF /Divulgação )
Uma fiscalização contra irregularidade em venda e armazenamento de pescado terminou com a apreensão de 300 kg de peixe, nesta sexta-feira (19/4), em São Sebastião, no entorno do Distrito Federal. 

Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, realizava uma fiscalização na região, quando deparou com o pescado armazenado para venda de forma inadequada. “As tilápias estavam dentro de uma caixa d'água, sem oxigenação e em um espaço inadequado”, contou o comandante do batalhão, major José Gabriel de Souza Júnior. 

Ainda de acordo com a polícia, os peixes eram vendidos em uma feira livre na cidade. Muitos peixes já estavam mortos devido a falta de oxigênio da água e espaço limitado. 

O homem de 55 anos, que informou se o dono do produto, foi encaminhado para a 30ª Delegacia de Polícia Civil de São Sebastião. Para a polícia, o ele informou que é dono de um criadouro de pescado em Cristalina (GO). 

Todo o material foi apreendido e o homem assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade