Publicidade

Correio Braziliense

SOS Parques: GDF reinaugura Parque do Lago Cortado em Taguatinga

O parque ocupa uma área de 56,35 hectares, equivalente a 78 campos de futebol. Agora, o espaço é aberto ao público das 6h às 18h, diariamente


postado em 23/04/2019 15:41 / atualizado em 23/04/2019 15:41

O Parque do Lago Cortado passou por uma revitalização e foi entregue pelo governador Ibaneis Rocha(foto: Renato Alves/Agência Brasília)
O Parque do Lago Cortado passou por uma revitalização e foi entregue pelo governador Ibaneis Rocha (foto: Renato Alves/Agência Brasília)

 

O Governo do Distrito Federal reinaugurou o Parque do Lago Cortado, em Taguatinga. O local passou por revitalização e foi entregue pelo governador Ibaneis Rocha à população no último domingo (21/4). A obra faz parte do programa SOS Parques, que promete revitalizar todos os espaços de preservação ambiental do DF.


"O parque já existia, mas estava abandonado e não servia à comunidade. Temos a oportunidade de dar acesso aos moradores e trazer mais melhorias. A intenção é que esse seja o primeiro passo para que realmente essa área seja integrada à comunidade, que deve cuidar com muito carinho", disse o governador durante a cerimônia. 

De acordo com ele, a integração entre meio ambiente e sociedade é um dos pontos prioritários do GDF: "Quando falo em democratizar com responsabilidade é fazer com que todos tenham acesso, mas que todos tenham a responsabilidade por cuidar das nossas águas, das nossas áreas e dos nossos parques".

O parque ocupa uma área de 56,35 hectares, equivalente a 78 campos de futebol. Agora, o espaço é aberto ao público das 6h às 18h, diariamente. A entrada é gratuita. Somente a cascata está interditada, pois, segundo o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), ela "está sob avaliação da Defesa Civil, devido a um desbarrancamento causado pelas últimas chuvas".


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade