Publicidade

Correio Braziliense

Homem tenta assaltar salão de beleza e acaba baleado por PM de folga

De acordo com as investigações, o militar visitava uma familiar, dona do estabelecimento, quando o suspeito entrou armado e rendeu as vítimas


postado em 10/05/2019 19:06 / atualizado em 10/05/2019 20:02

O caso está sendo investigado pela Delegacia do Paranoá(foto: Dênio Simões/Esp. CB/D.A Pres)
O caso está sendo investigado pela Delegacia do Paranoá (foto: Dênio Simões/Esp. CB/D.A Pres)

Um homem que entrou armado em um salão de beleza no Paranoá e anunciou um assalto foi surpreendido pela ação de um policial militar de Goiás, que atirou duas vezes ele, no fim de tarde desta sexta-feira (10/5). De acordo com a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), o militar estava de folga e fazia uma visita para uma familiar, dona do estabelecimento, quando o suspeito entrou no local. 

"Testemunhas relataram que o assaltante ordenou que todos entrassem no salão para que ele pudesse cometer o crime. O policial agiu com extrema cautela, já que o criminoso estava armado. Esperou que ele se aproximasse e, no momento oportuno, o militar atirou, sem que houvesse tempo do homem reagir", detalha a delegada-chefe da 6 ª DP (Paranoá), Jane Klébia, responsável pela investigação. 

O PM se apresentou à delegacia, para prestar depoimento. Aos investigadores ele relatou que estava conversando com um parente ao lado do salão quando ouviu o homem dando voz de assalto e viu que ele estava armado. Então sacou a arma e ficou de prontidão aguardando. Após os disparos, o suspeito correu para fora do estabelecimento e, após levar mais um tiro, caiu na calçada. 

O policial correu ao encontro do homem e chutou a arma dele para longe. Em seguida, chamou o socorro. O suspeito foi levado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (PMDF) ao Hospital do Paranoá. Ele estava consciente e estável no momento do resgate e foi atingido na perna e nas costas. 

As equipes investigam a participação de outro suspeito no crime.  "Um comparsa vigiava a frente do salão. Ao ouvir os disparos, ele fugiu", diz Jane. O relato das testemunhas devem ajudar no trabalho da polícia. Uma delas, uma funcionária de um supermercado próximo, afirmou que o suspeito baleado é o mesmo homem que cometeu um roubo, na última segunda-feira (6/5), no local onde ela trabalha. Assim que o assaltante baleado receber alta médica, será encaminhado à delegacia, onde será autuado e ficará preso até a audiência de custódia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade