Publicidade

Correio Braziliense

Preso homem que tentou incendiar casa com ex-companheira e filha

Ele estava foragido há quase dois meses, mas foi encontrado em Goiânia. Sem aceitar a separação, ele pôs fogo em colchão, ligou as saídas de gás e fugiu


postado em 16/05/2019 23:05

(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Moura/CB/D.A Press)
O homem de 21 anos acusado de tentar assassinar a ex-companheira no Itapoã na noite do dia 18 de março foi localizado e preso no fim da tarde de hoje (16/5), em Goiânia. Alisson Douglas Alves Panta não aceitava a separação e, por volta de 22h30, atacou a ex-mulher na casa dela com uma faca do tipo peixeira. Em seguida, colocou fogo no colchão, acendeu as saídas de gás do fogão, trancou a porta e fugiu.
 
Os dois têm uma filha de 3 anos que estava em casa quando tudo aconteceu. Mesmo com cortes nas mãos devido ao ataque, a mulher conseguiu apagar o fogo do colchão com toalhas molhadas. A fumaça chamou a atenção de uma vizinha, que socorreu mãe e filha.
 
O relacionamento entre vítima e agressor teve fim depois de diversos episódios de violência por parte dele. Por esse motivo, a Justiça havia expedido uma medida protetiva de urgência tanto para a mulher, quanto para a criança. Alisson não deveria se aproximar de nenhuma delas.
 
Ele ficou foragido por quase dois meses, mas o crime foi elucidado pelos agentes da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). Alisson agora deverá responder pelos crimes de ameaça, incêndio, lesão corporal, violência doméstica, violação da Lei Maria da Penha e descumprimento de decisão judicial que deferiu medidas protetivas de urgência, além da tentativa de duplo homicídio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade