Publicidade

Correio Braziliense

Justiça condena, a 20 anos de prisão, homem que matou namorado envenenado

O caso aconteceu em 15 de outubro de 2017. Uma discussão entre o casal teria motivado o crime


postado em 17/05/2019 10:56 / atualizado em 17/05/2019 10:56

(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia condenou Hércules Rocha Ferreira pela morte de Francisco Simão de Araújo. O crime aconteceu em outubro de 2017, quando o autor envenenou a vítima. Ele foi condenado a 20 anos e quatro meses de prisão, em regime inicial fechado.  

A Justiça considerou o crime um homicídio triplamente qualificado. Os jurados acolheram as qualificadoras defendidas pelo Ministério Público: uso de veneno, a relação afetiva e motivo torpe, porque o crime teria sido cometido por um desentendimento do casal.  

Hércules decidiu matar Francisco após uma briga. Ele se aproveitou da relação de confiança e colocou veneno na comida da vítima, que ingeriu o alimento e morreu em seguida.  

No dia seguinte, Hércules ainda voltou ao local do crime, e, por meio do computador de Francisco, fez transferências bancárias da conta dele. De acordo com o processo, o valor subtraído foi de R$ 42.152,90.  
 
Com informações do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT).  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade