Publicidade

Correio Braziliense

Adolescente de 15 anos é morto com dois tiros na cabeça no Paranoá

O suspeito do crime fugiu do local logo após os disparos. Na Estrutural, um jovem de 22 anos também foi assassinado a tiros


postado em 18/05/2019 13:39 / atualizado em 18/05/2019 17:30

(foto: Fernando Lopes/Editoria de Arte/CB)
(foto: Fernando Lopes/Editoria de Arte/CB)
Um adolescente de 15 anos foi morto a tiros no início da manhã deste sábado (18/5). O caso aconteceu entre as quadras 25 e 21, na esquina da Avenida Transversal do Paranoá Parque. A ocorrência foi registrada na 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), que investiga o caso. Até a mais recente atualização desta matéria, ninguém havia sido preso pelo assassinato. 
 
Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito do crime atirou duas vezes contra a vítima. Os disparos atingiram a cabeça do jovem. O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado para socorrer o garoto. No entanto, quando as duas equipes encontraram o local, o adolescente já estava sem sinais vitais. 
 
A área do homicídio foi preservada para a perícia da PCDF. O resultado dos laudos de local e da causa da morte do adolescente devem sair em até 30 dias. Agora, agentes da 6ª DP trabalham para identificar o possível autor dos disparos, que fugiu após o crime.  

Morte na Estrutural

Na Cidade Estrutural, um jovem de 22 anos também foi assassinado a tiros. Marcos da Silva Morais morava na região há cerca de seis meses, para ajudar o pai no trabalho com reciclagem. Antes, ele morava no Paranoá. O caso aconteceu volta das 21h30 de sexta-feira (17), no Conjunto 2 da Quadra 4 do Setor Leste, em frente a um bar. 
 
Conforme informações da Comunicação da Polícia Militar, a autor teria chegado na vítima e atirado diversas vezes. Em seguida, o suspeito entrou em um Chevrolet Kadett branco e fugiu. Até a mais recente atualização desta matéria, o acusado não foi preso.
 
O Corpo de Bombeiros chegou a ir até o local, mas foi em vão. A perícia da PCDF preservou o espaço do crime e realizou a análise, a fim de auxiliar nas investigações da 8ª Delegacia de Polícia (Setor de Indústria e Abastecimento). O prazo para o resultado é de 30 dias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade