Publicidade

Correio Braziliense

Jornalista lança livro que questiona representações de gênero nos cinemas

A obra "Entre Santas, Bruxas, Loucas e Femmes Fatales", de Sandra de Souza Machado, faz reflexões sobre os estereótipos de gênero no audiovisual, abordando o machismo, racismo e outras discriminações


postado em 18/05/2019 19:21 / atualizado em 18/05/2019 23:02

Evento será realizado no Restaurante Carpe Diem(foto: Divulgação)
Evento será realizado no Restaurante Carpe Diem (foto: Divulgação)
 
Os preconceitos machistas da sociedade acabam sendo refletidos nas telas do cinema, mas isso deve ser questionado. Essa é a visão da jornalista Sandra de Souza Machado, do Correio, que lança na próxima segunda-feira (20/5) o livro Entre Santas, Bruxas, Loucas e Femmes Fatales – (más) representações e questões de gênero nos cinemas, da Editora Appris. O evento acontece a partir das 19h, no restaurante Carpe Diem, da 104 Sul.

Doutora em História do Cinema pela Universidade de Brasília (UnB), Sandra opina que o Brasil tinha uma lacuna nas críticas feministas e de gênero sobre o mercado audiovisual quando ela começou a lecionar, algo que até hoje ainda precisa ser preenchido, seja por críticos especializados ou leigos. 

"Quando comecei a dar aulas sobre produção, teorias e histórias do audiovisual, havia - e ainda há - uma carência enorme de literatura especializada, em língua portuguesa, sobre cinema, TV ou vídeo, em conjunto às análises fílmicas, semióticas, psicanalíticas e históricas, dos estudos interseccionais de gênero e das mulheres", contou a escritora. 

A obra aborda de forma aprofundada questões políticas, sociais, culturais e econômicas do contexto do cinema, discutindo tanto os filmes produzidos para as grandes bilheterias quanto aqueles produzidos em menor escala. O livro questiona o olhar masculino dominante e imperial da maior parte das histórias, que possuem o padrão de protagonistas másculos, brancos, territorialistas, expansionistas e dominadores, por princípio.
 

Sobre a autora 

Sandra de Souza Machado é Doutora em História – Cinema, Teorias de Gênero e Feministas, Políticas de Representação Audiovisual, Transnacionalismo/culturalismo, Universidade de Brasília (UnB); produtora e crítica audiovisual; integrante do Grupo de Pesquisa Interdisciplinar Vozes Femininas (CNPq/UnB). É editora e articulista do Blog da Igualdade (Correio Braziliense online), desde 2012. 
 

Serviço

Lançamento: Entre Santas, Bruxas, Loucas e Femmes Fatales – (más) representações e questões de gênero nos cinemas
Data: 20 de maio de 2019
Local: Restaurante Carpe Diem – CLS 104 Sul, Bloco 1
Horário: A partir das 19 h
Editora: Appris, Curitiba (PR)
Numero de Páginas: 365 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade