Publicidade

Correio Braziliense

Polícia apreende sete máquinas usadas em jogos de azar no Cruzeiro

A ação conjunta das polícias Militar e Civil aconteceu na noite desta quinta-feira. Ninguém foi preso


postado em 23/05/2019 21:36 / atualizado em 23/05/2019 21:36

Sete máquinas de jogos de azar foram apreendidas(foto: PMDF/Divulgação)
Sete máquinas de jogos de azar foram apreendidas (foto: PMDF/Divulgação)
Uma ação conjunta das polícia Civil e Militar acarretou na apreensão de sete máquinas usadas em jogos de azar. Os eletrônicos foram encontrados em uma casa no Cruzeiro, na noite desta quinta-feira (23/5). No momento das buscas, não havia ninguém no local e, por isso, não houve prisões. A 3ª Delegacia de Polícia (Cruzeiro) investiga o caso e tenta identificar os envolvidos no possível esquema criminoso. 
 
Segundo o sargento Magno Santos, integrante do GTOP do 7º Batalhão de Polícia Militar, a apuração do delito começou na noite de quarta-feira (22), durante ronda da equipe de plantão da corporação. "Os militares receberam denúncias anônimas sobre o esquema e, ao passarem em frente à residência, viram as máquinas operando. Como não tinha pessoas no local, não foi possível efetuar a prisão em flagrante", explica. 
 
Com o levantamento das informações, os militares acionaram os agentes da 3ª DP. Na ação desta quinta-feira (23), três policiais de cada corporação se deslocaram até o endereço. "Inicialmente, a apuração indica que mulheres mantêm o estabelecimento clandestino e que os principais clientes são idosos. Isso foi o que chamou a atenção das pessoas. Agora, após a apreensão, cabe aos investigadores da delegacia confirmarem ou não os relatos", acrescenta o sargento. 
 
De acordo com Magno Santos, o grupo que realizava os jogos de azar age em "sigilo máximo para não chamar a atenção". "No entanto, o local já é conhecido pelos militares da área. Já apreendemos aqui (na casa) máquinas do mesmo modelo das encontradas hoje."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade