Publicidade

Correio Braziliense

Cerca de 25 aves silvestres são apreendidas em casa em Santa Maria

A apreensão aconteceu na tarde de sábado (25/5) e os pássaros foram encaminhados em para o Centro de Triagem de Animais Silvestres do Ibama


postado em 26/05/2019 09:02 / atualizado em 26/05/2019 17:48

(foto: Divulgação/PMDF)
(foto: Divulgação/PMDF)

Cerca de 25 aves silvestres, de cinco espécies diferentes, foram apreendidas em uma casa em Santa Maria na tarde de sábado (26/5).

Policiais militares do Rádio Patrulhamento Ambiental estavam em Santa Maria quando, por volta das 15h, a presença de diversas aves silvestres em uma casa do Residencial Santos Dumont chamaou atenção.

Os militares conversaram com o morador, que autorizou a entrada da equipe na casa e revelou que as aves eram dele e que não tinha autorização ou licença para a criação dos animais em cativeiro.

Os animais, sete baianos, um coleirinho, um pássaro preto, um periquito-de-encontro-amarelo e 16 canários-da-terra verdadeiro, estavam em bom estado físico, sem sinais de maus tratos. Durante o transporte um dos pássaros da espécie baiano fugiu. 

 

 

 

As aves típicas do cerrado não fazem parte da relação de animais em extinção do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e foram encaminhadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas). Elas serão avaliadas e em seguida poderão ser devolvidas ao habitat natural.  

O homem, que não tem antecedentes criminais, assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência PMDF e um termo de compromisso para comparecer em audiência judicial, podendo responder por crime ambiental contra fauna. Em seguida, ele foi liberado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade