Publicidade

Correio Braziliense

VÍDEO: polícia prende ladrões que roubaram celulares em loja de Brazlândia

Segundo delegado, os suspeitos fazem parte de uma organização criminosa especializada em roubo de celulares em estabelecimentos comerciais. A maioria mora em Santo Antônio do Descoberto (GO)


postado em 07/06/2019 19:30 / atualizado em 07/06/2019 19:30

 
 
Dois homens acusados de roubarem uma loja de eletroeletrônicos em Brazlândia foram presos nesta sexta-feira (7/6). O crime aconteceu em 30 de abril, por volta das 11h. Durante mais de um mês, policiais da 18ª Delegacia de Polícia (Brazlândia) investigaram o caso e chegaram à dupla suspeita de participar do assalto. Um dos homens tem 18 anos e cumpria prisão domiciliar com uso de tornozeleira por mais um roubo ocorrido em maio — um mês após o assalto em Brazlândia. O outro, de 21, também tinha passagem pelo mesmo crime.

Segundo o delegado-chefe da 18ª DP, Raphael Seixas, os suspeitos fazem parte de uma organização criminosa especializada em roubo de celulares em estabelecimentos comerciais. "A maioria dos integrantes desse grupo mora em Santo Antônio do Descoberto (GO)", explicou. O mais novo, que cumpria prisão domiciliar, foi preso em casa, no município do Entorno distante aproximadamente 60km de Brasília. O de 21 anos estava no Guará.

Raphael explicou que, no dia do crime, o ladrão de 18 anos entrou na loja na companhia de dois comparsas. O de 21 ficou do lado de fora observando a ação. "Foi ele quem passou as instruções de quem anunciaria o assalto e, inclusive, alugou as armas de fogo para execução", esclareceu o investigador.

As armas não foram apreendidas, porque após o crime os assaltantes as devolveram e pagaram o aluguel com o dinheiro do roubo. Os dois estão presos preventivamente. Eles responderão por roubo circunstanciado por emprego de arma de fogo, concurso de agente e restrição de liberdade das vítimas.

Entenda o caso 

No assalto à loja de eletrônicos em Brazlândia, três homens renderam os funcionários e clientes que estavam no estabelecimentos. As vítimas foram levadas para o segundo andar. Depois, os ladrões entraram no estoque e levaram os celulares que estavam nas caixas.
 
No mesmo dia do crime, policiais militares de Goiás prenderam dois envolvidos. Um tinha entrado na loja e o outro dirigiu o carro que dava cobertura. Policiais civis assumiram a investigação e encontraram os dois últimos integrantes do crime nesta sexta-feira (7/6).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade