Publicidade

Correio Braziliense

Operação integrada entre PM e PCDF visa inibir crimes em ônibus

A ação aconteceu na QNL, em Taguatinga Norte. Policiais apreenderam drogas e armas com passageiros durante a tarde desta quarta-feira (12/6). Um foragido por roubo acabou preso


postado em 12/06/2019 18:43 / atualizado em 12/06/2019 19:33

As abordagens aos passageiros ocorreram para inibir possíveis roubos a ônibus, além de tirar de circulação drogas e armas (foto: PCDF/Divulgação)
As abordagens aos passageiros ocorreram para inibir possíveis roubos a ônibus, além de tirar de circulação drogas e armas (foto: PCDF/Divulgação)

Agentes da 17ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Norte) e policiais militares realizaram uma operação para inibir crimes em ônibus. A ação conjunta ocorreu durante a tarde desta quarta-feira (12/6), com término às 18h. Houve apreensão de drogas, armas e a prisão de um homem com mandado de prisão em aberto. O trabalho ocorreu em paradas de coletivos da QNL, em Taguatinga. 

 

A Operação Apollo teve como objetivo tirar dos coletivos pessoas armadas e, assim, reduzir o número de assaltos a ônibus em Taguatinga. Em um vídeo divulgado pela Polícia Civil, um dos agentes se desculpa pela pausa na viagem dos passageiros, explicando a motivação da ação. As pessoas presentes agradecem o empenho das corporações. 

 

Após os veículos serem parados, inicia-se a abordagem dos passageiros e dos objetos pessoais, como bolsas e mochilas. Em uma das ações, um homem de 28 anos, com mandado em aberto por roubo, tentou fugir, mas os policiais conseguiram detê-lo. Ele será encaminhado para o Departamento de Custódia e Controle de Presos (DCCP), no prédio principal da PCDF, no Parque da Cidade.

 

Durante as ações, outros dois homens acabaram detidos: um deles estava com uma porção de maconha e, o outro, com uma quantidade do mesmo entorpecente e uma faca.

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade