Publicidade

Correio Braziliense

Ladrões que arrastaram vítima por 50 metros no asfalto são identificados

Vítima de 45 anos tentou puxar a chave do carro e fugir para evitar assalto, mas acabou ficando presa pela camisa na porta, e foi arrastada no asfalto


postado em 13/06/2019 10:31 / atualizado em 13/06/2019 11:39

Autor do crime foi preso por agentes da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá)(foto: Divulgação/PCDF)
Autor do crime foi preso por agentes da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) (foto: Divulgação/PCDF)
 
A Polícia Civil identificou dois assaltantes acusados de roubarem um carro e arrastarem a vítima por 50 metros, no asfalto. O crime aconteceu na semana passada, em 6 de junho, no Itapoã, e a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) recebeu informações de que o veículo estava em uma casa em Campos Lindos, de Goiás. O autor do delito não estava no local, mas, ao ser comunicado por familiares da procura, foi à delegacia e assumiu o roubo. O comparsa também foi encontrado, mas já estava preso por outros assaltos. 

A delegada Jane Klebia explicou que o suspeito foi ouvido, mas não foi preso, porque não foi pego em flagrante e ainda não havia mandato de prisão. O dono do carro, um caminhoneiro de 45 anos que não quis se identificar, disse que tudo aconteceu muito rápido. “Eu estava saindo de um bar, por volta das 22h, depois de jogar sinuca com meus amigos. Quando cheguei no carro, dois meliantes me renderam com armas, aí eu tive que entregar a chave”, contou. Sem pensar muito, a vítima tentou evitar o crime.

"Não sei o que me deu na hora, mas tentei puxar a chave da mão deles e eles colocaram na ignição e arrancaram com o Siena. Aí minha camisa prendeu na porta e eles foram me arrastando", lembrou. O homem só conseguiu tirar a blusa 50 metros depois e viu os ferimentos profundos. "Sangrava e doia muito, principalmente na região das costas", conta.

Ele foi internado e recebeu alta no dia seguinte. Hoje, ainda está com algumas marcas, mas já voltou às atividades normais. "Foi tudo apavorante, algo que não desejo para ninguém", lamentou. A vítima teve o carro recuperado ontem. A polícia agora apura o paradeiro do segundo envolvido no crime. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade