Publicidade

Correio Braziliense

Homem se passa por policial e ataca vendedora ambulante no Paranoá

O homem de 48 anos vestia uma camiseta da Polícia Militar do Goiás na hora do ocorrido. Ele assediou a mulher na banca em que ela trabalhava


postado em 13/06/2019 16:33 / atualizado em 13/06/2019 16:41

(foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
(foto: Caio Gomez/CB/D.A Press)
Um morador do Paranoá foi preso após assediar uma vendedora ambulante nesta quinta-feira (13/6). Edilton Lustosa de Oliveira, 48 anos, vestia uma camiseta da Polícia Militar de Goiás e abordou a comerciante fingindo ser policial, segundo a Polícia Civil. 

A jovem estava sentada na banca de roupas em que trabalha, próximo ao restaurante comunitário do Itapoã, quando foi surpreendida pelo indivíduo, que lhe perguntou o que ela escondia embaixo do casaco que utilizava para cobrir as pernas. A vítima, ao responder que não havia nada, foi atacada por Edilton. 

Ele começou a apalpar as coxas e as partes íntimas da vendedora e fugiu depois que ela começou a gritar por ajuda. Uma viatura da Polícia Militar passava no momento do ocorrido e prendeu o criminoso. 

Ele foi encaminhado para a 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) e pode pegar de 1 a 5 anos de prisão pelo crime. 
 
Polícia Cívil/Divulgação
Polícia Cívil/Divulgação
 
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade