Publicidade

Correio Braziliense

Jovem que morreu eletrocutado enquanto jogava bola é sepultado

Mais de 300 pessoas deram adeus a Gustavo Nogueira de Souza. O velório ocorreu no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul


postado em 13/06/2019 20:12 / atualizado em 13/06/2019 20:13

Gustavo morreu na noite de terça-feira (11/6), enquanto jogava bola(foto: Arquivo pessoal)
Gustavo morreu na noite de terça-feira (11/6), enquanto jogava bola (foto: Arquivo pessoal)
Mais de 300 pessoas se reuniram, nesta quinta-feira (13/6), no Cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, para prestar as últimas homenagens a Gustavo Nogueira de Souza, 18 anos. O jovem morreu na noite de terça-feira (11/6), enquanto jogava bola, após receber uma descarga elétrica da grade na quadra, na EQNM 38/40, em Taguatinga.

O velório começou às 11h e terminou por volta das 15h, horário do sepultamento. Na ocasião, cantos, flores, lágrimas e indignação no adeus ao jovem. “Do meu amigo, vai restar o brilho e a luz que tinha. Nunca o vi triste e cabisbaixo. Pelo contrário, estava sempre sorrindo e procurando motivos para estar alegre.” Essas são as palavras de Vinícius da Paz, 17, um dos melhores amigos de Gustavo.

Gustavo morreu na noite de terça-feira (11/6), enquanto jogava bola(foto: Arquivo pessoal)
Gustavo morreu na noite de terça-feira (11/6), enquanto jogava bola (foto: Arquivo pessoal)
Os dois se conheceram na própria rua em que moravam e mantinham uma amizade de 10 anos. “O que vai restar agora, para mim, são as lembranças do sorriso e dos dias que ele batia no meu portão, chamando para jogar bola ou para lanchar”, conta, emocionado.

Por meio de nota, a CEB lamentou o ocorrido e ressaltou que acionou equipes de segurança para efetuar perícia no local e apurar as causas do acidente. A autarquia garantiu que prestará “toda assistência necessária à família da vítima”.

Ação no Paranoá

Em razão do acidente em Taguatinga, a Administração Regional do Paranoá promoverá, nesta sexta-feira (14/6), às 9h, um mutirão de fiscalização nas mais de 40 praças e quadras da região. “Amanhã, irei com todos os meus servidores e eletricistas voluntários visitar todos esses espaços. Além de administrador, sou bombeiro. Não posso deixar mais um acidente como esse acontecer”, ressaltou o administrador, Sérgio Costa.

A ação contará com a presença de mais de 60 servidores do órgão. “Cada um visitará uma quadra. Iremos analisar, fotografar irregularidades e acionar a CEB, caso seja encontrado algum erro”, informou Sérgio. Segundo ele, no início da gestão, a equipe identificou uma quadra que estava com problemas de choque na grade e interditaram o local imediatamente.
 
* Estagiária sob supervisão de Mariana Niederauer

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade