Publicidade

Correio Braziliense

Tendas de hidratação para pacientes com dengue funcionam até 30 de junho

Os postos foram montados de maneira emergencial para atender pacientes com suspeita da doença. DF registrou mais de 27 mil notificações este ano


postado em 15/06/2019 19:24 / atualizado em 15/06/2019 19:24

Em 19 dias, 21.974 pessoas foram atendidas nas unidades(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Em 19 dias, 21.974 pessoas foram atendidas nas unidades (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
As tendas de hidratação montadas pelo Governo do Distrito Federal para atender pacientes com suspeita de dengue terão o funcionamento prorrogado até 30 de junho. Os postos foram erguidos para acelerar o atendimento após a epidemia do vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. O prazo de funcionamento pode ser reduzido caso a demanda apresente queda expressiva.
 
De acordo com o GDF, em 19 dias, 21.974 pessoas foram atendidas, sendo que 15.550 foram notificadas com suspeita de dengue. As unidades hidrataram e medicaram 4.369 pacientes. O governo ainda informou que apenas 2% das pessoas que procuraram as tendas precisaram ser encaminhadas para hospitais. 
 
Em 2019, o DF registrou 27.694 notificações da doença, de acordo com o boletim epidemiológico mais recente. Desses, 24.041 (90,2%), foram classicados como casos prováveis. Até 11 de junho, foram confirmadas 26 mortes pelo vírus. 
 
Com informações da Agência Brasília 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade