Publicidade

Correio Braziliense

Moradores do Jóquei têm até esta segunda para aderir ao programa de venda

Cerca de 86% dos condôminos entregaram as propostas de compra dos imóveis, segundo a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap)


postado em 24/06/2019 06:00 / atualizado em 24/06/2019 07:59

(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press - 24/8/17)
(foto: Breno Fortes/CB/D.A Press - 24/8/17)

Os moradores do Trecho 1 do Setor Habitacional Vicente Pires, conhecido como Jóquei, tem até as 21h de hoje para aderir ao programa de venda direta dos lotes da região. Cerca de 86% dos condôminos entregaram as propostas de compra dos imóveis, segundo a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap). Das 917 famílias contempladas pelo edital, 127 ainda não entregaram à empresa pública a documentação necessária para a negociação dos terrenos.

O preço médio dos lotes de 400m² é de R$ 91 mil. O valor leva em consideração as deduções da infraestrutura implementada pelos moradores do Trecho 1, além da valorização decorrente das intervenções. A negociação pode ocorrer de três formas. Os condôminos que realizarem o pagamento à vista terão 25% de desconto. Também é possível financiar os imóveis pela Terracap. Neste caso, o prazo máximo é de 240 meses e, com entradas acima de 5%, os compradores têm direito a descontos escalonados.

Os moradores da região ainda podem fazer o financiamento dos imóveis junto ao Banco de Brasília (BRB) ou à Poupex, que oferecem linhas de crédito específicas à regularização fundiária. Como os bancos realizam o repasse à vista para a Terracap, os clientes também recebem o desconto de 25% sob o valor do lote, mesmo realizando o pagamento a prazo para as instituições.

Diretor de Comercialização da Terracap, Júlio César Reis sugeriu que os moradores que aguardam a análise de crédito pelos bancos para realizar a compra dos imóveis não esperem a resposta para entregar a documentação necessária à empresa pública. “Nossa dica é que façam a adesão marcando a opção de financiamento pela Terracap. No momento em que o crédito for aprovado pelo banco, podem fazer a alteração no cadastro”, explicou.

Para atender os moradores contemplados, a Terracap terá o horário de funcionamento estendido — serão entre 7h e 21h. Para Júlio César Reis, a expectativa é de que a taxa de adesão chegue próximo a 100%. “Quem não participar do programa perde direito às deduções decorrentes da implementação da infraestrutura, por exemplo, e terá de pagar o preço cheio. Os imóveis ficam muito mais caros, pois esses descontos representam cerca de 45% do valor de mercado do terreno”, completou.


Jardim Botânico


Os condôminos do Trecho 1 do Jardim Botânico também podem aderir ao programa de venda direta. O edital contempla 21 imóveis, distribuídos entre os condomínios San Diego, Portal do Lago Sul, Mansões Califórnia e Estância Jardim Botânico. O prazo para a entrega da proposta de compra à Terracap vence sexta-feira.

Até sábado, apenas cinco moradores, ou seja, 28% dos 21 contemplados, haviam comparecido à empresa pública com a documentação necessária. O valor dos imóveis varia entre R$ 127,8 mil e R$ 274,6 mil.

A Lei Federal nº 13.465 de 2017 permite que moradores de casas edificadas e ocupadas em condomínios até 22 de dezembro de 2016 podem obter a escritura do terreno por meio da venda direta. Antes, só podiam regularizar seus imóveis quem tivesse construído no imóvel até 31 de dezembro de 2006.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade