Publicidade

Correio Braziliense

Distrito Federal amanhece com céu nublado e temperatura baixa

A temperatura mínima foi registrada por volta de 5h, quando os termômetros marcaram 13ºC na região central de Brasília. O frio deve durar até o fim de julho


postado em 25/06/2019 08:22 / atualizado em 25/06/2019 08:22

Essas nuvens que vemos nos últimos dias, apesar de parecer que vai chover, não são nuvens de chuvas
Essas nuvens que vemos nos últimos dias, apesar de parecer que vai chover, não são nuvens de chuvas", disse Morgana Almeida, meteorologista do Inmet (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Mais uma vez o Distrito Federal amanhece com tempo nublado e temperaturas baixas. Característico do inverno, o frio deve marcar presença até o fim do mês de julho, portanto, os casacos se tornam acessório indispensável para os brasilienses. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a previsão do tempo para esta terça-feira (25/6) é de céu nublado a parcialmente nublado. 

Por volta das 5h da manhã, os termômetros marcaram 10.4ºC, em Águas Emendadas, Planaltina. Na região central de Brasília a temperatura mínima atingiu 13ºC. Segundo Hamilton Carvalho, meteorologista do Inmet, a temperatura mínima do inverno no DF deve oscilar entre 10ºC e 15ºC. “A mínima fica oscilando, mas sempre baixa. A temperatura máxima deve variar de 25ºC a 27ºC nos próximos dias”, afirmou Hamilton. 

Nesta terça-feira, a temperatura  máxima pode chegar a 27ºC por volta das 16h, quando a umidade do ar pode cair para 30%. A umidade baixa marca o período seco da região Centro-Oeste. De acordo com o Inmet, tendência é de haver diminuição da umidade relativa do ar nos próximos meses, com valores diários que podem ficar abaixo de 30% e picos mínimos abaixo de 20%. 

Inverno

De acordo com Hamilton Carvalho, os brasilienses não devem ver chuva por agora. O tempo seco, frio e  com pouca presença de chuva é característico do inverno na capital do país. “Essas nuvens que vemos nos últimos dias, apesar de parecer que vai chover, não são nuvens de chuvas, são chuvas classificadas médias e altas que fazem uma cobertura, mas não tem previsão de chuva” , explicou Morgana Almeida, meteorologista do Inmet. 

A estação mais fria do ano teve início em 21 de junho e vai até 23 de setembro. O frio deve continuar até o fim de julho. “Em agosto, a temperatura começa a elevar”, completou Hamilton, meteorologista do Inmet.

De acordo com o prognóstico climatológico do Instituto, para este inverno, a região Centro-Oeste deve ter temperaturas acima da média, devido a permanência de massas de ar seco e quente, principalmente nos meses de agosto e setembro, favorecendo a ocorrência de queimadas e incêndios florestais.
 
* Estagiária sob a supervisão de Vinicius Nader 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade