Publicidade

Correio Braziliense

Vídeo: PM estimula alunos de escola militarizada a cantar música evangélica

De acordo com a corporação, o policial ministrava uma palestra sobre bullying no Centro Educacional (CED) 7, em Ceilândia


postado em 26/06/2019 22:46 / atualizado em 26/06/2019 23:56

PMDF afirmou que atividade seria de cunho educativo, não religioso(foto: Reprodução)
PMDF afirmou que atividade seria de cunho educativo, não religioso (foto: Reprodução)
Um vídeo publicado nas redes sociais ganhou repercussão nesta quarta-feira (26/6). O registro mostra um policial militar cantando uma canção evangélica com alunos do Centro Educacional (CED) 7, em Ceilândia. A gravação é de fevereiro e o momento teria ocorrido durante uma palestra sobre bullying, segundo a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). O colégio tem cerca de 2,5 mil estudantes e é uma das quatro escolas públicas onde vigora o modelo de gestão compartilhada com a corporação.

A filmagem tem quase um minuto e começa com o policial incentivando os alunos a cantar a música. "Eu quero que vocês atrapalhem os policiais, no bom sentido", diz. Enquanto o ritmo toca ao fundo, o policial continua: "Quero que vocês cantem, mas cantem forte, para que a Ilca (diretora da instituição) saia lá da sala dela para ver o que está acontecendo. Eu quero que vocês cantem comigo. Vamos lá. Esquece quem está do seu lado", continuou.
 
Nesse momento, a maior parte dos estudantes começa a cantar a canção. A música, intitulada Raridade, é de autoria de Anderson Freire. Após o refrão, o policial pede para que os alunos continuem. "Mais alto, agora. Vamos lá", incentivou. 


 

"Cunho educativo"

 
Em nota, a PMDF afirmou que a atividade é de cunho educativo e não religioso. "A música, na verdade, faz parte de uma palestra sobre bullying e tem finalidade motivacional para os alunos, sem cunho religioso", destacou o texto.
 
A Secretaria de Educação confirmou a versão apresentada pela corporação e informou que o policial tratava de temas como depressão e mutilação durante a palestra. "Foram utilizados diversos recursos, como datashow e histórias motivacionais. A atividade terminava com uma música, a fim de elevar a autoestima dos alunos", afirmou a pasta em nota.

O órgão completou dizendo que promoverá ações no sentido de "orientar os profissionais e melhorar os esclarecimentos em relação ao Regimento Escolar da Rede Pública de Ensino do DF, que busca desencorajar qualquer tipo de atividade que possa direcionar os alunos a adotarem posições ideológicas, políticas ou religiosas, sejam elas quais forem". 
 
Confira o trecho cantado pelo militar com os estudantes: 
 
"Você é um espelho que reflete a imagem do Senhor
Não chore se o mundo ainda não notou
Já é o bastante Deus reconhecer o seu valor
Você é precioso, mais raro que o ouro puro de Ofir
Se você desistiu, Deus não vai desistir
Ele está aqui pra te levantar se o mundo te fizer cair"

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade