Publicidade

Correio Braziliense

Arraiá do Guetho chega à 16ª edição em Sobradinho neste sábado

O participante leva um prato de comida e a bebida de preferência e não paga para entrar. O consumo é divido entre todos


postado em 13/07/2019 14:00 / atualizado em 13/07/2019 14:44

O evento ocorre a partir das 21h, na Área Verde da Quadra 14 de Sobradinho 1(foto: Luis Claudio Ribeiro/Arquivo Pessoal)
O evento ocorre a partir das 21h, na Área Verde da Quadra 14 de Sobradinho 1 (foto: Luis Claudio Ribeiro/Arquivo Pessoal)
Moradores de Sobradinho 1 participam, neste sábado (13/7), a partir das 21h, da 16ª edição do Arraiá do Guetho, comemorado na Área Verde da Quadra 14 da região. Organizadores do evento aguardam cerca de 1 mil pessoas no evento. Ninguém tem que pagar para entrar ou comer, mas se pede a colaboração social de um prato típico e uma bebida de preferência do participante da festa. Haverá quadrilha, apresentações de capoeira e grupos folclóricos da cidade e de Planaltina (DF).  
 
O esquema diferenciado de entrada para a festa foi ensinado pelos pais dos organizadores do evento (leia Tradição), de acordo com um dos responsáveis pelo arraial e comerciante autônomo Marcus Estáquio da Silva, 50 anos. Metade das comidas do evento são feitas pelos organizadores e doadas por comerciantes locais. Terá pratos típicos da época junina, como pipoca, caldo e canjica. 
 
"Aqui não tem isso de pagar por nada, pois, desse modo, perderíamos a essência de tudo. O que pedimos é a colaboração, para que a festa seja aproveitada por todos, sem qualquer problema", explica o morador de Sobradinho 1. 
 
Marcus também destaca que, além do prato típico, a pessoa deve levar uma bebida de preferência dela. "Por exemplo, se alguém leva uma caixa de cerveja, vai receber 12 fichas para fazer a retirada nos nossos freezers, disponíveis para isso. Não tem venda no dinheiro nem no cartão", comenta o organizador.
 
O evento será animado com apresentações diversas, mas a principal aposta é a 'Quadrilha Maluca', que recebe cerca de 100 casais de idosos, adultos e crianças. "Demos esse nome porque não fazemos um ensaio prévio. É tudo aberto para quem quiser participar. É uma festa para a família, para comemorar a vida e aproveitar cada momento", garante Marcus. 
 
A quadrilha se apresenta entre 45 e 50 minutos. Contudo, outra diferença das apresentações convencionais está no estilo de música. O organizador explica que toca as músicas tradicionais, mas o som também é mixado com músicas e batidas atuais, que vão desde o funk ao forró e axé.   

Tradição

O Arraiá do Guetho ocorre no Distrito Federal há 16 anos, por meio de militares da região metropolitana de Nilópolis (RJ). Um grupo de bombeiros e policiais se encontravam em julho para a festa de são-joão, em uma vizinhança da cidade, que contava com a colaboração de cada participante. Em 18 de abril de 1968, parte desses militares, das famílias Ribeiro e Silva, vieram residir em Brasília, para trabalhar na nova capital federal. 
 
Para não perder a tradição, este grupo de bombeiros e policiais continuou o costume da festa 'julina'. No entanto, o evento teve o endereço adaptado para Sobradinho 1. Em 2003, os filhos desses militares decidiram continuar com o legado da família carioca e passou a organizar os eventos.  
 

Serviço 

Quando: hoje (13/7)
Horário: a partir das 21h
Onde: área Verde do Conjunto A9 da Quadra 14, na rua do Detran — Sobradinho 1
Entrada: um prato de comida e bebida de preferência 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade