Publicidade

Correio Braziliense

Termômetros na capital podem marcar 28°C neste sábado

A mínima da madrugada foi de 8,9°. A previsão é de elevação nas temperaturas ao longo da semana


postado em 13/07/2019 08:38 / atualizado em 13/07/2019 10:16

Com umidade abaixo de 30%, Defesa Civil não recomenda a prática de exercícios ao ar livre entre 10 e 17h(foto: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)
Com umidade abaixo de 30%, Defesa Civil não recomenda a prática de exercícios ao ar livre entre 10 e 17h (foto: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)

O frio enfrentado pelos brasilienses na última semana já começa a dar lugar para temperaturas mais elevadas. Para este sábado (13/7), a expectativa durante a tarde é de que os termômetros cheguem a registrar 28°C no Distrito Federal. O céu permanece claro a parcialmente nublado e não há possibilidade de chuva. Esta é a previsão do Instituto Nacional de Meteorologia. 
 
Durante a madrugada, a mínima registrada foi de 8,9°C, na estação Águas Emendadas. Já na área central de Brasília a menor temperatura foi de 12°C. De acordo com o meteorologista do Inmet Manoel Rangel, as temperaturas devem continuar se elevando gradativamente nos próximos dias. "Os reflexos dessa última massa de ar frio continental que chegou ate o Centro-Oeste vão enfraquecendo e não há previsão da passagem de outra frente nas próximas 72 horas", detalha. 
 
Sem a forte influência dessas massas, à medida em que os dias vão se tornando mais quentes, o tempo tende a ficar mais seco. A umidade relativa do ar, neste sábado, varia entre 85 e 20%. Por conta da baixa umidade, que há cinco dias consecutivos registra índices abaixo dos 30%, a Defesa Civil declarou estado de atenção. 
 
Entre as principais recomendações do órgão para evitar problemas de saúde durante a seca estão a constante hidratação, uso de protetor solar e umidificação do ar. A prática de atividades físicas ao ar livre deve ser feita somente antes das 10h e depois das 17h. 
 
Caso a umidade venha a ficar abaixo de 20% por três dias consecutivos, a Defesa Civil emite um estado de alerta, o que pode acontecer na próxima semana. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade