Publicidade

Correio Braziliense

Em apenas 12 horas, DF registra duas mortes e sete feridos no trânsito

Dos cinco acidentes com vítimas, três foram atropelamentos de pedestre e, em um deles, uma pessoa morreu. O outro óbito foi de um motociclista


postado em 13/07/2019 12:07 / atualizado em 13/07/2019 18:28

Jovem morre atropelado na L4 Sul (foto: Divulgação Corpo de Bombeiros)
Jovem morre atropelado na L4 Sul (foto: Divulgação Corpo de Bombeiros)

 

Pelo menos duas pessoas morreram e sete ficaram feridas em acidentes de trânsito no Distrito Federal nas últimas 12 horas. Três dos cinco acidentes foram atropelamento de pedestres. Os outros casos envolveram um motociclista uma colisão com dois veículos de passeio e um micro-ônibus. Das 120 vítimas mortas em acidentes de trânsito no DF este ano, 50 são pedestres e 34, motociclistas. Juntas, essas parcelas da população representa 70% de todos os óbitos registrados na capital este ano. 

Às 6h30 deste sábado (13/7), um jovem de aproximadamente 20 anos morreu ao ser atropelado próximo ao Deck Sul, na Avenida L4. De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), ele foi atingido por um Ford Fusion prata, conduzido por José Carlos Alves Silva, 46 anos, que não se feriu. 
 
A vítima já estava sem sinais vitais quando o socorro chegou. À Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), o motorista teria informado que o jovem entrou repentinamente na frente do veículo. Segundo a corporação, José Carlos seguia para o trabalho e não estava alcoolizado. Até por volta das 10h, a vítima ainda não havia sido identificada e, segundo a PM, estava sem documentos.
 
A outra morte ocorreu por volta das 23h30 de sexta-feira, quando um motociclista colidiu a moto em um poste na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia), sentido Brasília-Valaraíso (GO). De acordo com o Corpo de Bombeiros, outros motociclistas que estavam no local no momento do socorro afirmaram que José Claudir Vieira da Silva, 45 anos, perdeu o controle ao ser fechado por um carro de passeio, que não teria parado para prestar socorro. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ainda tentaram reanimar José Claudir por cerca de meia hora.
 
Cinco horas mais tarde, na BR-020, altura do Condomínio Alto da Boa Vista, a colisão entre dois carros de passeio e um micro-ônibus deixou cinco feridos. De acordo com os bombeiros, o Fiat Sena era ocupado por José Rodrigues da Cruz Filho, 49, e Amanda Soares dos Santos, 20. Não há informações sobre os ferimentos sofridos por José, transportado pelo Samu. Já Amanda reclamava de dor na coluna e estava orientada. 
 
Os condutores do Fiat Uno e do micro-ônibus não se feriram. Segundo os bombeiros, o veículo saiu de Monte Alegre (PI) com destino ao Gama. Três pessoas que estavam no veículo foram levadas para o Hospital Regional de Planaltina. São elas: Manoel Luiz Sousa, 71, com suspeita de fratura na costela, consciente, orientado e estável; Edinelma Gonzaga dos Reis, 32, dor no joelho direito e lesão no nariz; e Joilson Rodrigues de Oliveira Conceição, 39, com dor nas costas. 

Outros atropelamentos 


Pedestre foi atropelado na DF-001, próximo à ESAF, no Jardim Botânico na manhã deste sábado (foto: Divulgação Corpo de Bombeiros)
Pedestre foi atropelado na DF-001, próximo à ESAF, no Jardim Botânico na manhã deste sábado (foto: Divulgação Corpo de Bombeiros)
O atropelamento mais recente deste sábado ocorreu na DF-001, próximo à Esaf, no Jardim Botânico, às 10h. Os bombeiros informaram que Gustavo Barbosa dos Santos, 28 anos, atropelou José Flávio, 37. A vítima foi levada para o Hospital Regional de Planaltina com escoriações e contusão na região da cabeça, mas estava consciente, orientada e estável.

Durante a madrugada, por volta de 1h, houve outro registro de atropelamento de pedestres na 203/204 Sul. Gustavo Henrique Ferreira, 29 anos, foi encaminhado ao Hospital de Base com suspeita de traumatismo craniano leve, mas estava consciente e orientado durante o trajeto. O motorista Humberto Dias Silvano, 44, não se feriu e permaneceu no local durante o socorro. 
  
As circunstâncias dos acidentes relatados nesta reportagem serão esclarecidas após as investigações e com base no resultado da perícia da Polícia Civil.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade