Publicidade

Correio Braziliense

Ciclista sofre parada cardiorrespiratória e é reanimado pelos bombeiros

Lúcio Martins Gomes, de 77 anos, andava de bicicleta quando teve o mau súbito. Ele foi levado em estado grave ao Hospital de Base


postado em 13/07/2019 13:20

O ciclista foi levado ao Hospital de Base com quadro de saúde instável(foto: CBMDF/Divulgação)
O ciclista foi levado ao Hospital de Base com quadro de saúde instável (foto: CBMDF/Divulgação)

Um idoso de 77 anos sofreu uma parada cardiorrespiratória enquanto andava de bicicleta, no Sudoeste. Lúcio Martins Gomes caiu ao sofrer o mau súbito e foi atendido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). 

 

Os socorristas precisaram reanimar a vítima. Por 20 minutos, realizaram as massagens cardíacas e conseguiram restabelecer os sinais vitais. Lúcio foi levado de helicóptero ao Hospital de Base, com o quadro de saúde instável. Onze militares, duas viaturas e o resgate aéreo foram usados na ocorrência 

 

Outros casos

 

Na semana passada, em 2 de junho, outro ciclista sofreu uma parada cardiorrespiratória durante um treino, no Parque da Cidade. Rafael Ribeiro Guimarães, 38 anos, foi atendido por um médico que passava pelo local e, em seguida, pelos socorristas do CBMDF. Ele chegou a ter os sinais vitais recuperados e foi socorrido ao Hospital de Base por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Mas, após dar entrada ao hospital, não resistiu.

 

Também durante um treino, no mesmo dia, o judoca Júnior Juvenal da Silva, 29, parada cardiorrespiratória, no local onde treinava, no Guará. Socorristas do Corpo de Bombeiros  realizaram os procedimentos de reanimação, mas após 42 minutos de manobras, o médico da corporação declarou que ele havia morrido. Aos militares, o professor de Júnior afirmou que o aluno tinha problemas cardíacos.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade