Publicidade

Correio Braziliense

Assessoria jurídica gratuita é oferecida a moradores do Paranoá e Itapoã

Os atendimentos ocorrem sexta-feira, das 9h30 às 12h, na sede do Centro Social João Paulo II, que fica no Paranoá


postado em 15/07/2019 13:15 / atualizado em 16/07/2019 17:34

(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
(foto: Maurenilson Freire/CB/D.A Press)
Um projeto social oferece orientação jurídica gratuita a moradores do Paranoá e do Itapoã. Advogados e estudantes de direito estarão à disposição da população para sanar dúvidas dos interessados. Além disso, os voluntários vão auxiliar novos profissionais que estejam ingressando no direito. Os atendimentos ocorrem toda sexta-feira, das 9h30 às 12h, na sede do Centro Social João Paulo II, no Paranoá, uma das entidades à frente da ação.  

A iniciativa também foi criada pela Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Paranoá  e é coordenada pela Covac Sociedade de Advogados. O objetivo do projeto é orientar, principalmente, a população carente. Os profissionais conseguirão analisar os processos e dar o melhor encaminhamento aos solicitantes.  

Quem tiver qualquer tipo de dúvida sobre os próprios direitos poderá contar com ajuda dos advogados. Eles vão dizer qual rede de assistência jurídica do Distrito Federal e órgão do poder Executivo que o interessado deve procurar.  

Serviço

Local: sede do Centro Social João Paulo II, no Paranoá. 
Atendimento: toda sexta-feira, das 9h às 12h
Valor: gratuito 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade