Publicidade

Correio Braziliense

Hospital Regional de Santa Maria pede doação de leite materno

Unidade também precisa de potes para o armazenamento, que podem ser entregues diretamente no hospital


postado em 15/07/2019 20:09 / atualizado em 15/07/2019 20:09

As mães que estiverem dispostas a ajudar podem se cadastrar por meio do telefone 160(foto: Fabio Setti/Esp. CB/D.A Press)
As mães que estiverem dispostas a ajudar podem se cadastrar por meio do telefone 160 (foto: Fabio Setti/Esp. CB/D.A Press)
O Banco de Leite Humano do Hospital Regional de Santa Maria precisa de doações com urgência. As mães que estiverem dispostas a ajudar podem se cadastrar por meio do telefone 160. A unidade também pede potes para armazenar o leite, que devem ser entregues diretamente na unidade de saúde.
 
O Banco de Leite de Santa Maria recolher cerca de 90 litros de leite por mês, beneficiando de 600 a 700 crianças, de acordo com o Governo do Distrito Federal. As mães que decidirem doar não precisam ir até o hospital. Depois do cadastro, uma equipe do Corpo de Bombeiros vai até a residência da doadora para deixar o kit, com frascos, máscara e touca. A mulher faz a coleta em casa e, uma vez por semana, os bombeiros passam para recolher o leite. O cadastro também pode ser feito no site Amamenta Brasília ou ligando diretamente no Banco de Leite de Santa Maria no telefone 2017-1500, ramal 5529. 
 
Além do alimento, a unidade precisa de potes para armazenamento. Os recipitientes devem ser de vidro, com tampa de plástico. Os rótulos precisam ser retirados, e o vidro, lavado com sabão e água. Também precisa ser fervido por 15 minutos. Após a limpeza, o pote deve ser colocado para secar livremente em cima de um pano limpo. Ao fechar o vidro, é importante não tocar na parte interna do recipiente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade