Publicidade

Correio Braziliense

Centenas de pessoas formam fila em busca de um emprego na 209 Norte

São ofertadas 47 vagas em um supermercado da quadra. As áreas são para açougueiro, auxiliar de açougue, atendente de loja, empacotador, operador de caixa e motorista


postado em 16/07/2019 12:02 / atualizado em 16/07/2019 12:03

Quase 200 pessoas enfrentaram fila para tentar conseguir uma oportunidade de emprego em supermercado da 209 Norte(foto: Juliana Andrade/CB/D.A.Press)
Quase 200 pessoas enfrentaram fila para tentar conseguir uma oportunidade de emprego em supermercado da 209 Norte (foto: Juliana Andrade/CB/D.A.Press)
 
O processo seletivo de um supermercado na 209 Norte gerou uma enorme fila na quadra. Por volta das 11h, havia pelo menos 180 pessoas aguardando para entregar o currículo.
 
Quem foi tentar uma vaga, saiu cedo de casa. Natalia Silva, 21 anos, saiu do Recanto das Emas às 4h em busca de uma oportunidade de ingressar no mercado de trabalho, como operadora de caixa. "Eu procuro um emprego desde os meus 18 anos, mas está muito difícil", comenta. 

A situação envolve pessoas de diferentes idades, experiência e formação. Jilvanete Fernandes, 54, é professora de português e literatura e pós graduada em gestão e orientação educacional pedagógico, mas devido às dificuldades de conseguir um emprego na área, estava na fila para tentar uma vaga de operadora de caixa. "Estou há três anos desempregada. Está muito difícil. A escassez de emprego está muito grande", lamenta a candidata que está na fila desde as 6h.

As vagas oferecidas são para todas as unidades do Supermercado Oba, em Brasília. Segundo a empresa, são cerca de 47 vagas abertas para açougueiro, auxiliar de açougue, atendente de loja (exclusivo para pessoas com deficiência), empacotador, operador de caixa e motorista. 

O Oba afirma que a equipe vai receber os currículos de todos que estão na fila. Apenas as entrevistas eram limitadas a 47, mas, até o momento, atenderam 57, devido à quantidade de candidatos que compareceram ao local. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade