Publicidade

Correio Braziliense

PM e bombeiros sem farda poderão andar de graça no transporte público

Funcionários vão precisar mostrar apenas documento de identificação militar. Lei foi publicada nesta quarta-feira (17/7) no Diário Oficial do DF


postado em 17/07/2019 16:36 / atualizado em 17/07/2019 16:37

O texto altera a Lei n° 280, de junho de 1992, que assegurava a livre locomoção dos militares no transporte público, quando uniformizados(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
O texto altera a Lei n° 280, de junho de 1992, que assegurava a livre locomoção dos militares no transporte público, quando uniformizados (foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Bombeiros e policiais militares do Distrito Federal poderão usar o transporte público de Brasília de forma gratuita mesmo quando não estarem fardados. A nova regra foi publicada nesta quarta-feira (17/7), no Diário Oficial do DF. 
 
A Lei n° 6.319, de 2019, altera a Lei n° 280, de junho de 1992, que assegurava a livre locomoção dos militares no transporte público quando uniformizados. Com o novo texto, bombeiros e policiais precisarão apenas apresentar documento de indentificação militar para usar as linhas do Serviço de Transporte Público Coletivo do Distrito Federal (STPC-DF) e da Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF). 
 
O projeto de lei, do deputado Roosevelt Vilela, havia sido vetado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, mas foi promulgado pelo presidente da Câmara Legislativa do DF, Rafael Prudente. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade