Publicidade

Correio Braziliense

Garoto cai de tobogã, quebra braço e fratura a perna em clube de Planaltina

Segundo a mãe da vítima, não havia nenhum socorrista no local. O menino foi encaminhado à emergência do Hospital Regional de Planaltina


postado em 17/07/2019 19:40 / atualizado em 17/07/2019 19:40

Adolescente de 13 anos caiu de tobogã em clube de Planaltina(foto: Arquivo pessoal)
Adolescente de 13 anos caiu de tobogã em clube de Planaltina (foto: Arquivo pessoal)

Um adolescente de 13 anos caiu de um tobogã em um clube de Planaltina quando se preparava para entrar no brinquedo. O caso ocorreu nesta quarta-feira (17/7). O jovem quebrou o braço direito, fraturou a perna direita, além de ter sofrido machucados no rosto e na mão. Ele passou por atendimento no Hospital Regional de Planaltina (HRP).

 

Leonardo Vieira foi para o parque aquático acompanhado da mãe, a dona de casa Elizabeth Vieira, 54, do irmão de 16 anos, além de três primos, de 11, 12 e 14 anos. Em meio às brincadeiras, os meninos decidiram descer por um tobogã do clube, momento em que o garoto caiu e quase perdeu a vida.

 

“Ele subiu as escadas para o tobogã e pegou a fila. As crianças que estavam no local brincavam, o que é natural. No entanto, não havia nenhum salva-vidas ou socorrista que acompanhasse a entrada no brinquedo. Não sei exatamente como meu filho caiu dali, pois, desde o acidente, ele não fala nada. Meu filho está muito traumatizado”, relata a mãe. 

 

Elizabeth conta, que quando ocorreu a queda, não houve assistência por parte dos responsáveis pelo clube. “Meu filho de 16 anos veio com o Leonardo no colo. Naquele momento, fiquei completamente desesperada e quase desmaiei. Não recebemos qualquer apoio. As próprias pessoas que estavam no clube nos ajudaram. Minha sorte é que tinha uma enfermeira, que nos auxiliou”, expõe. 

 

O adolescente foi atendido por socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), acionado por clientes do parque aquático. Ele precisou de atendimento médico na emergência do HRP, onde recebeu o diagnóstico da queda. Às 18h30, Leonardo recebeu alta. 

 

A reportagem entrou em entrou em contato com o clube Balneário Vale Verde pelo telefone disponível na página oficial do estabelecimento no Facebook, mas o número não existe. Também enviou questionamento por mensagem, mas até a mais recente atualização desta matéria não obteve retorno. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade