Publicidade

Correio Braziliense

Batalhão Ambiental da PM resgata 47 canários na Colônia Agrícola Samambaia

Os pássaros estavam presos em uma chácara. A polícia suspeita que os envolvidos participavam de rinhas de canários


postado em 20/07/2019 16:03 / atualizado em 20/07/2019 16:23

Entre as aves, havia 45 canários da terra e dois canários baianos (foto: BPMA/Divulgação)
Entre as aves, havia 45 canários da terra e dois canários baianos (foto: BPMA/Divulgação)
O Batalhão da Polícia Militar Ambiental resgatou 45 canários da terra e dois canários baianos em uma chácara na Colônia Agrícola Samambaia, neste sábado (21/7). O proprietário do imóvel, um aposentado de 76 anos, mais cinco pessoas assinaram o termo que os obriga a responder pelo crime ambiental na justiça.

De acordo com o soldado do BPMA Pedro Caetano, as aves não apresentavam sinais de maus-tratos, mas reforça que mantê-las presas é crime. "Mas, como o crime é de menor potencial ofensivo, os responsáveis respondem em liberdade", disse. 

Os policiais localizaram o cativeiro dos animais após denúncia anônima. Ao chegar ao local, viram as aves presas e um grupo de homens em volta delas. A suspeita é de que eles participariam de uma rinha de canários.

Além dos pássaros, os militares apreenderam também 19 gaiolas e 19 caixas transportadoras. As aves foram levadas para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Ibama e passarão por avaliação antes de serem soltas na natureza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade