Publicidade

Correio Braziliense

Conheça os motociclistas estrangeiros que vieram para a Capital Moto Week

Estrangeiros acampam no Parque de Exposições da Granja do Torto para participar do Brasília Capital Moto Week


postado em 22/07/2019 06:00

Em meio à viagem pelo continente, o casal colombiano parou em Brasília(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
Em meio à viagem pelo continente, o casal colombiano parou em Brasília (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
 
Sobre duas ou três rodas, motociclistas exibem, desde quinta-feira, os possantes veículos pelas vias do Parque de Exposições da Granja do Torto, no maior encontro do gênero na América Latina. Muitos deles vieram de muito longe, sob as suas máquinas. Inclusive de países vizinhos, como Argentina, Colômbia, Uruguai e Peru. No ano passado, os estrangeiros eram 90 no Brasília Capital MotoWeek. A organização espera um pouco mais neste ano, nos 10 dias de festival.

Histórias sobre o evento, que está em sua 16ª edição, chegaram aos ouvidos do peruano Pedro Celiz, 53 anos. O comerciante decidiu sair de Moyobamba, capital do Departamento de San Martín, e traçar a rota até a capital federal entrando pelo Norte do Brasil, no Acre. Foram mais de 5 mil quilômetros percorridos sobre duas rodas.

“Levei pouco mais de um mês de viagem, pois vim com calma, fazendo paradas em postos para tomar banho, comer e dormir. O meu objetivo era conhecer o Brasília Capital Moto Week e me surpreendi. A estrutura e o estilo do evento me deixaram impressionado. Quero voltar no próximo ano. Quem sabe até consigo abrir um estande para vender sapatos”, comenta o peruano, que está hospedado na tenda do motoclube Serrano MC.

Mochilão


O casal de colombianos Claudia Vergel, 30, e Edwin Caicedo, 29, soube do evento brasiliense durante a viagem que faz pela América Latina sobre as motos deles. Os vendedores de artesanato passaram pelo Equador, Peru, Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai e Bolívia, antes de chegaram a Brasília. Quando estavam no Sul do país, se organizando para irem ao Rio de Janeiro (RJ), ouviram histórias sobre o Brasília Capital Moto Week.

O peruano Pedro Celiz rodou 5 mil km da sua cidade à capital brasileira(foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)
O peruano Pedro Celiz rodou 5 mil km da sua cidade à capital brasileira (foto: Minervino Junior/CB/D.A Press)

“Nossos amigos brasileiros contaram sobre a grandiosidade do festival. Como também somos motociclistas, vimos que não poderíamos perder a oportunidade de passarmos aqui. Por isso, desviamos a rota e chegamos a Brasília na quinta-feira, e viemos direto para o evento”, relata Claudia. O casal montou uma barraca no espaço disponível para camping.

A colombiana pretende continuar no evento até o encerramento, no próximo domingo. “Estou maravilhada com tudo o que estou vendo e escutando. O rock brasileiro é de alta qualidade e foi muito interessante ter toda essa integração. As pessoas são simpáticas, caridosas e animadas. Quero ficar até o último dia e, claro, participar do passeio motociclístico (no sábado). Assim também consigo conhecer parte da arquitetura de Brasília, antes de seguir viagem para o Rio de Janeiro e, depois, ao Nordeste”, finaliza Claudia Vergel.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade