Publicidade

Correio Braziliense

Quadrilha de Samambaia vence torneio regional e vai competir no nacional

Em segundo lugar ficou grupo do Paranoá. Eles vão para a 15ª edição do Concurso Nacional de Quadrilhas que ocorre na sábado (27/7) e no domingo (28/7)


postado em 23/07/2019 11:05 / atualizado em 23/07/2019 15:00

No período junino/julino, Brasília vira referência em competições de quadrilha(foto: Jadson Douglas)
No período junino/julino, Brasília vira referência em competições de quadrilha (foto: Jadson Douglas)

No período junino/julino, Brasília vira referência em competições de quadrilha. No último fim de semana, Samambaia ganhou o 19º Circuito de Quadrilhas Juninas.  A quadrilha Junina Si Bobiá a gente Pimba, de Samambaia levou o primeiro lugar pela 7ª vez consecutiva. Em segundo ficou a Quadrilha Arroxa o Nó, do Paranoá. Agora, os dois grupos seguem para representar o Distrito Federal na fase nacional.

 

O evento ocorre neste sábado (27/7) e no domingo (28/7). Participarão da 15ª edição do Concurso Nacional de Quadrilhas 16 estados, mais o Distrito Federal. A competição, promovida pela Liga Independente de Quadrilhas Juninas do DF e Entorno (LINQ) e promovido pela Confederação Brasileira de Entidades Juninas (Confebraq), será sediada no Cruzeiro com a participação de 16 quadrilhas.

 

Para Lucas Martins, 35 anos, membro da direção da LINQ, a 15ª edição do evento tem um significado maior. Ele conta que o Concurso Nacional de Quadrilhas teve início no DF há 15 anos e pela primeira vez está retornando. “O 15º aniversário do concurso estará sendo comemorado aqui, onde ele nasceu. Para nós, tem um valor muito grande”, diz.

 

Além de festejar São João, a competição tem o intuito de valorizar a cultura popular brasileira. “Para o DF, é muito importante porque mostra para o Brasil que aqui também tem cultura. Sem falar que também influencia muito na parte turística, já que traz muita gente de fora”, ressalta Lucas. 

 

A 15ª Concurso Nacional de Quadrilhas ocorrerá no estacionamento do Ginásio de Esportes do Cruzeiro, a partir das 19h no sábado e 18h no domingo. A entrada é gratuita. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade