Publicidade

Correio Braziliense

Protesto congestiona o trânsito na área central e rodovias do DF

A Marcha das Margaridas começou por volta das 8h e interdita as faixas da via S1 do Eixo Monumental


postado em 14/08/2019 08:13 / atualizado em 14/08/2019 13:55

A orientação da Polícia Militar é de que os motoristas evitem acessar o Eixo Monumental(foto: Ana Rayssa/ CB/D.A Press)
A orientação da Polícia Militar é de que os motoristas evitem acessar o Eixo Monumental (foto: Ana Rayssa/ CB/D.A Press)
O brasiliense vive mais um dia de caos no trânsito na manhã desta quarta-feria (14/8). A Marcha das Margaridas começou por volta das 8h e deixa trânsito engarrafado na área central de Brasília, com reflexos nas principais vias de acesso ao Plano Piloto. Policiais do Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran) montaram esquema especial no Eixo Monumental e orientam que os motoristas evitem passar pelo trecho durante a manhã. 
 
O trânsito está tão ruim que, para prestar socorro mais rápido às vítimas de um acidente com cinco veículos, perto do Hospital Regional da Asa Norte, o Corpo de Bombeiros acionou o helicóptero da corporação. A informação preliminar é de que há vítima presa às ferragens.  

Ver galeria . 6 Fotos Ana Rayssa/CB/D.A Press
(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press )


A Marcha das Margaridas começou no Pavilhão do Parque da Cidade, local de acampamento dos participantes. O grupo seguiu do Parque até o Eixo Monumental, onde ocupam a via. A ideia é seguir até as Alamedas das Bandeiras, em frente ao Congresso Nacional. Durante a manifestação, todas as seis faixas da N1 ficarão bloqueadas e o trânsito é desviado para o Setor de Indústrias Gráficas (SIG). 

Às 11h35, o Detran avaliou que o trânsito após a Biblioteca Nacional estava "complicado devido à fila de ônibus para acessar o estacionamento".

A via N2 teve o trânsito normalizado por volta das 11h20, segundo informações do Detran. Já a S1 continua congestionada, com engarrafamento na altura do Setor Hoteleiro Sul.
 

Sudoeste e SIG

Por causa da manifestação, o trânsito está congestionado na Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG) e no Setor de Indústrias Gráficas (SIG). As vias internas do Sudoeste também estão com fluxo maior de veículos. São motoristas fugindo do Eixo Monumental e da EPIG. Até mesmo dentro do SIG, onde não costuma ter muitos carros no período da manhã, nota-se um maior volume de condutores. 


Por causa da manifestação, o trânsito está congestionado na Estrada Parque Indústrias Gráficas (EPIG) e no Setor de Indústrias Gráficas (SIG). As vias internas do Sudoeste também estão com fluxo maior de veículos. São motoristas fugindo do Eixo Monumental e da EPIG. Até mesmo dentro do SIG, onde não costuma ter muitos carros no período da manhã, nota-se um maior volume de condutores.  

EPTG e Estrutural

Na Estrada Parque Indústria e Abastecimento (EPTG), os motoristas enfrentam lendidão ainda maior do que nos dias habituais. E os que tentam pegar caminhos alternativos, como a Estrada do Joquei e, depois, a Estrutural, também enfrenta trânsito intenso. 
 
Maria Agusta da Silva, 63 anos, moradora de Águas Lindas, teve de caminhar por meia hora, da Rodoferroviária até o emprego, no Sudoeste porque o ônibus mudou o trajeto e não entrou pelo Eixo Monumental. "Ainda assim cheguei atrasada. O engarrafamento estava perto de Ceilândia, na BR (BR-070)", conta. 

Parque da Cidade

Assim como na terça-feira (13/8), as vias internas do Parque da Cidade também estão com fluxo de carros acima da média, agora cedo.   
 
Entre 12h e 13h, o grupo começará o deslocamento para o estacionamento do Teatro Nacional, para o embarque nos ônibus que estarão no local.  O bloqueio parcial, de até quatro faixas da via N1, próximas ao canteiro central, ocorrerá da Alameda das Bandeiras até o Teatro Nacional.   
No momento da travessia dos manifestantes para o estacionamento do teatro, todas as vias serão interditadas e o trânsito transferido para a via L2 Norte. A via será liberada em seguida.  
 
A operadora de caixa Larissa Dias Barros, 18 anos, moradora do M Norte, em Ceilândia, está num ônibus, presa no congestionamento da Estrutural. "Estou indo fazer exame admissional. Ainda bem que saí mais cedo, caso contrário, poderia me atrasar para o meu compromisso", diz. 
 
Quem busca alternativa pelo Setor Militar Urbano para chegar a àrea central de Brasília, também enfrenta lentidão nas vias. 

Ponte JK, Buraco do Tatu

A chegada da L4 pela ponte JK está com trânsito lento. O Eixão Sul, chegada ao buraco do Tatu, no sentido Sul-Norte também está com trânsito lento.  O trânsito no Eixão Norte sentido sul foi liberado pelo Detran às 11h20. 

BR-060

Uma carreta com carregamento de cervejas tombou na madrugada desta quarta-feira (14/8) às margens da BR-060, no KM 7, próximo a garagem da empresa de transporte Urbi, em Samambaia. O Corpo de Bombeiro foi acionado para socorrer o motorista, que sofreu escoriações leves e foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga.

Segundo informações de quem passou pelo local após o acidente, pessoas que moram próximo à região saquearam parte da carga.  A Polícia Rodoviária Federal esteve na rodovia para realizar o atendimento do acidente e evitar que o restante das cervejas fossem levadas. 

 

Rodovias distritais 

O Departamento de Estradas de Rodagem está atualizando a situação das rodovias distritais. Acompanhe: 

- EPIA SUL da altura da Candangolândia até a entrada do Eixo Monumental com trânsito lento sentido Brasília;
 
- EPTG com trânsito lento no sentido Brasília a partir do Florida Mall até a chegada ao Eixo Monumental;
 
- EPGU sentido Brasília, saída do Guará até o Eixão sul com trânsito lento; 
 
- ESTRUTURAL sentido  Brasília com trânsito lento a partir do posto policial até a chegada ao Eixo monumental;
 
- EPNB sentido Brasília com trânsito lento a partir do balão do Riacho Fundo I;

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade