Publicidade

Correio Braziliense

Dez pessoas são presas acusadas de traficar drogas pela internet no DF

Os clientes solicitavam a droga por mensagem e os traficantes iam buscar as substâncias tóxicas no Sol Nascente


postado em 14/08/2019 10:37 / atualizado em 14/08/2019 11:18

Os investigadores apreenderam uma pistola 9 milímetros(foto: PCDF/Divulgação)
Os investigadores apreenderam uma pistola 9 milímetros (foto: PCDF/Divulgação)
Agentes da 23ª Delegacia de Polícia (P Sul, em Ceilândia) cumpriram 10 mandados de prisão e 12 de busca e apreensão contra grupo acusado de tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e associação ao tráfico. A operação foi deflagrada na manhã desta quarta-feira (14/8) e identificou que os suspeitos comercializavam entorpecentes pela internet, por meio de aplicativos de troca de mensagens.  

R$ 2 mil em espécie foram apreendidos (foto: PCDF/Divulgação)
R$ 2 mil em espécie foram apreendidos (foto: PCDF/Divulgação)
De acordo com o delegado à frente do caso, Maurício Iacozzilli, o grupo agia em diversas regiões administrativas. "Os suspeitos foram presos em São Sebastião, Estrutural, Guará, Ceilândia e Sol Nascente. Eles vendiam, principalmente, cocaína, maconha e drogas sintéticas", explicou.  

As investigações da operação, batizada de Offline, começaram em março. Os agentes passaram a monitorar um traficante de cocaína no Sol Nascente e conseguiram identificar o restante do grupo. "Os clientes solicitavam a droga por mensagem e os traficantes iam buscá-las no Sol Nascente. Geralmente, as vendas em grandes quantidades", ressaltou Maurício.  

Entre os presos, estão duas mulheres, que emprestavam as contas bancárias para que ocorresse toda transação financeira do comércio dos entorpecentes. Os investigadores apreenderam porções de maconha, LSD, uma pistola 9 milímetros e R$ 2 mil em espécie.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade