Publicidade

Correio Braziliense

Estudante de odontologia é preso acusado de exercer a profissão ilegalmente

O jovem trabalhava em uma clínica inaugurada na semana passada no Plano Piloto. A investigação começou após uma denúncia do Conselho Regional de Odontologia


postado em 15/08/2019 14:07 / atualizado em 15/08/2019 15:47

Caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
Caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia de Polícia (foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu, na manhã desta quinta-feira (15/8), um jovem, pelo crime de exercício ilegal da profissão. O rapaz é estudante de odontologia e trabalhava como dentista em uma clínica, em um shopping do Plano Piloto, de acordo com as investigações. 

Segundo a Polícia Civil, o jovem era um dos sócios do estabelecimento. O local foi inaugurado na semana passada. Os investigadores constataram que o rapaz fazia procedimentos "privativos de cirurgiões dentistas, como limpeza e clareamento dentário". O acusado é ativo nas redes sociais, onde, segundo os investigadores ostenta uma vida de luxo e é seguido por mais de 10 mil pessoas.  

A investigação começou após uma denúncia do Conselho Regional de Ondotologia do Distrito Federal, que também participou da operação, batizada de True Tooth.  A irmã dele, que é dentista e também trabalha na clinica, foi autuada pelo mesmo crime como partícipe. Se condenados, a pena é de de seis meses a dois anos de prisão. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade