Publicidade

Correio Braziliense

Projeto propõe transformar o SCS em laboratório para a Brasília do futuro

O projeto Setor Criativo Digital Sul busca revitalizar e modernizar a área por meio de parcerias público privadas


postado em 16/08/2019 21:51 / atualizado em 16/08/2019 21:58

Setor Comercial Sul: iniciativa já conta com a adesão de 20 condomínios de edifícios(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Setor Comercial Sul: iniciativa já conta com a adesão de 20 condomínios de edifícios (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
O Museu da República recebeu, nesta sexta-feira (16/8), evento para firmar parceria entre a Associação Comercial do Distrito Federal (ACDF) e o Instituto Illuminante de Inovação Tecnológica e Impacto Social, que trabalharão na implementação do Setor Digital Criativo Sul (SDCS), proposta de revitalização e modernização do Setor Comercial Sul (SCS).

A finalidade da parceria é fomentar ações de renovação do espaço por meio parcerias público-privadas (PPPs). A iniciativa já conta com a adesão de 20 condomínios de edifícios.

"Como enxergamos a importância de compreendermos as mudanças dos tempos, dos desafios empresariais e da vocação da própria cidade enquanto capital e sede das atividades empresariais nacionais, buscamos esta parceria com o Instituto Illuminante para avaliarmos conjuntamente a revitalização da região", afirma o presidente da ACDF, Fernando Brites.

Já o presidente do Instituto Illuminante, Gilberto Lima Júnior, Brasília deve sempre ser preservada, mas, ao mesmo tempo, tem necessidade de se reinventar. "É urgente que a gente respeite a cidade e a reinvente. Precisamos torná-la mais colaborativa e com economia criativa", disse.

Laboratório

A intenção do projeto é tornar o Setor Comercial Sul em uma espécie de laboratório para aplicar em Brasília inovações já testadas em centros urbanos ao redor do mundo e que envolvem energias renováveis, telecomunicação avançada, internet das coisas, reutilização de água, automação predial, carros elétricos, mobilidade urbana, segurança, hortas e paisagismo predial, entre outros recursos.

As práticas adotadas no local serão demonstradas para os decisores públicos locais e da esfera federal para que eventualmente sejam levadas a outras partes do Distrito Federal e até mesmo do país.
  

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade